tfionline Faça seu login

Junho 7, 2022

Uma Casa sobre a Rocha

Compilação

[A House on a Rock]

Os materiais com os quais constrói a sua casa são importantes. Verdades bíblicas são melhores que a cultura pop, assim como tijolos são superiores a palha e a galhos! Alguns aspectos da casa e do estilo podem e mudarão com o tempo, mas o alicerce tem que permanecer firme. A casa deve ser construída sobre a rocha.

Em Mateus 7:24-27 Jesus disse: “Todo aquele, pois, que escuta estas Minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas Minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda”.

No versículo 25 vemos o verbo “combater”, e no versículo 27 um termo parecido. Embora em ambos os casos a palavra utilizada em português seja a mesma, na versão original em grego encontramos dois vocábulos diferentes. No versículo 25, temos o termo prospipto, cujo significado é cair violentamente sobre; atacar; ou investir contra algo ou alguém. No contexto desse versículo, significa que quando a casa for ameaçada por uma enchente, ou por fortes chuvas, a casa construída sobre a rocha permanecerá firme. Já no versículo 27, a palavra usada é proskopto, que significa bater contra algo ou fazer oposição a algo e indica que se um pequeno volume de água como o de um riacho bater contra a casa construída na areia, ela desmoronará e grande será a perda.

Em outras palavras, se a sua vida estiver alicerçada em Jesus, permanecerá firme mesmo nas maiores dificuldades da vida. Você conseguirá vencer a tempestade porque Jesus é sua rocha, seu fator de estabilidade. Ele o sustentará. Entretanto, se não estiver construída em Jesus e Sua Palavra, mas tiver um alicerce fraco sobre a areia, até a menor dificuldade poderá fazer sua casa ou vida desmoronar.

No livro Spectacular Sins, and Their Global Purpose in the Glory of Christ (Pecados espetaculares e seu propósito global na glória de Cristo — em tradução livre), o autor, John Piper, afirma: “O cristianismo não é um jogo nem uma terapia. Todas as suas doutrinas provêm de quem Deus é e do que realizou na história. Estão relacionadas a fatos. O cristianismo é mais do que fatos, mas não menos. A fé, a esperança e o amor existem, mas não pairam no ar. Crescem como o cedro, na rocha da verdade de Deus. As pessoas que permanecerão em pé são as que edificarem suas casas sobre a rocha da grande e objetiva verdade cuja origem é Jesus Cristo, o centro e propósito de tudo”.[1]

Adoniram Judson, que viveu de 1788 a 1850, foi um exemplo extraordinário de alguém que construiu sua existência sobre a rocha. Esse missionário americano trabalhou na Birmânia durante 40 anos, mas sua vida nada teve de glorioso. Tinha apenas 25 anos quando partiu para esse país junto com sua esposa. Nos primeiros anos sofreram solidão e problemas de saúde. Foram seis anos até conseguirem o primeiro convertido. Adoniram passou dois anos na prisão —sem dúvida, um golpe tremendo, como uma forte tempestade contra uma casa! Pouco tempo depois de ser solto, sua esposa e sua filhinha morreram. Era um golpe atrás do outro. Entretanto, apesar de as dificuldades e situações devastadoras se sucederem, a “casa” de Adoniram permaneceu firme.

Imagino que em alguns momentos ele não tivesse certeza se sua casa estava firme e tenha se sentido abatido e derrotado. Mas a história mostra que nem ele nem sua obra de vida foram destruídos, e que seus esforços e sacrifícios valeram a pena. Uma prova disso é que quando Adoniram começou sua missão, estabeleceu a meta de traduzir a Bíblia para birmanês e estabelecer uma igreja com 100 membros. O seu legado quando partiu desta vida foi a Bíblia traduzida para o birmanês, 100 igrejas e mais de oito mil convertidos.

Quando penso na vida de Adoniram e seu legado, fico verdadeiramente impressionada com a maneira como seguiu em frente apesar de tantos infortúnios. Entendo que isso não foi devido à sua força interior ou à sua incrível determinação e bravura, mas sim ao fato de sua casa estar alicerçada em Jesus e depender dEle para o proteger durante as tempestades. Adoniram conseguiu enfrentar as tormentas e fortes ventos da vida e permanecer em pé porque estava alicerçado em Jesus.

Portanto, a pergunta para cada um de nós é: onde estamos construindo a nossa casa, de maneira que, quando as tempestades da vida vierem — e certamente virão — nossa casa continuará em pé porque está firmemente fundada na Rocha?!—Dia[2]

Enfrentado as tempestades da vida

Jesus descreve as tempestades da vida como algo inevitável. Ele não diz “se” as tempestades vierem. Duas vezes Ele diz: “Desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa”.

Portanto, podemos ter certeza que, inevitavelmente, o alicerce da nossa vida será colocado à prova. A questão é se a fundação resistirá à provação. Escolhemos construir sobre um alicerce firme ou não? ...

Se a nossa casa espiritual, que está sendo construída em nosso coração e mente, tiver uma base sólida em Jesus e na Sua Palavra, podemos ter plena confiança que, não importa o que aconteça, a nossa alma está segura. Isso significa construir uma base firme em Cristo todos os dias e fazer escolhas sábias através da orientação do Seu Espírito antes que venham as tempestades da vida. Somente nEle podemos ter certeza de que nosso alicerce é sólido como uma rocha.

Senhor Jesus, dependemos totalmente de Você para sobrevivermos às tempestades da vida. Você nos dá a certeza e confiança de que nosso alicerce permanecerá em segurança mesmo quando formos colocados à prova pela chuva e pelos ventos, e as águas subirem. Em Seu nome oramos. Amém.—Julia Prins Vanderveen[3]

Um “código de obras” espiritual

Durante o Sermão da Montanha, Jesus contou a história de dois homens: um que construiu sua casa sobre a rocha e outro que construiu sua casa sobre a areia. A casa construída sobre a rocha resistiu à tempestade, e o construtor é chamado de sábio; mas a casa construída na areia desmoronou durante a tempestade, e o construtor é chamado de tolo.

O significado desta parábola é bem óbvio: é necessário ter um bom alicerce. Em se tratando de uma construção literal, é insensatez construir na areia, porque a fundação será instável e a casa eventualmente sofrerá algum tipo de dano. Será um desperdício dos materiais de construção, tempo e trabalho investidos na obra. Em contraste, é sábio construir a casa sobre um fundamento seguro; um edifício alicerçado sobre uma rocha resiste aos testes.

Mas o sermão de Jesus não estava preocupado com a construção de casas ou violações do código de construção civil. O significado espiritual da parábola encontra-se em Mateus 7:24: “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha”. Cada um de nós está edificando uma vida. As palavras de Jesus são o alicerce correto — não apenas ouvi-las, mas cumpri-las.[4]

Às vezes dá a impressão de que tudo no mundo é estruturado para nos afastar das palavras de Deus. E muitas vezes, nossos próprios sentimentos nos levam na direção oposta do que a Bíblia diz que devemos fazer. Mas o homem sábio seguirá as palavras de Deus apesar dessas pressões — não para se “exibir” ou fazer por merecer a salvação, mas porque ele confia em Deus. Durante todo o Sermão da Montanha, Jesus Se apresentou como a autoridade final e Aquele que cumpre a Lei. Ele termina o sermão chamando as pessoas a seguirem a Sua mensagem e, nEle, encontrarem segurança.[5]

Conforme seguimos o Senhor, aprendemos a confiar nEle e a obedecer-Lhe, recebemos uma recompensa: nossa “casa” se torna firme, sólida e inabalável não importam as circunstâncias. O sábio é o crente cuja vida está edificada sobre a Rocha de Cristo; neste mundo ele tem fé e esperança, e no próximo terá vida e amor eternos.[6] O sábio é como árvore plantada junto a corrente de águas, cuja folhagem não murcha.[7]GotQuestions.org[8]

Publicado no Âncora em junho de 2022.


[1] Crossway Books (2008), 57.

[2] Adaptado do podcast para jovens Just1Thing, uma série cristã para edificação de caráter.

[3] https://todaydevotional.com/devotions/build-your-house-on-the-rock.

[4] Ver Tiago 1:22.

[5] Ver 1 Coríntios 3:11.

[6] Ver 1 Coríntios 13:13.

[7] Salmo 1:1–3.

[8] https://www.gotquestions.org/wise-man-built-house-rock.html.