tfionline Faça seu login

Maio 30, 2022

Orar com Insistência

Virginia Brandt Berg

[Importunity in Prayer]

Alguém escreveu e disse que não conseguia encontrar as palavras “a oração muda as coisas” em nenhum lugar da Bíblia, no entanto é algo que dizemos frequentemente. Bem, não está na Bíblia, mas certamente está de acordo com a Bíblia! É o que a Palavra de Deus ensina e isso expressa essa verdade que deve ser lavrada nas tábuas de nossos corações.

Se a oração muda as coisas, então, oh, como devemos dedicar mais tempo à oração! Existem grandes necessidades ao nosso redor, e tantas coisas que precisam ser mudadas. Mas se a oração não muda as coisas, de que adianta orar? Mas sabemos que a oração muda as coisas. Nós já vimos as coisas mudarem através da oração!

Já vimos muitas vitórias serem conquistadas por quem sabe orar de verdade! Podemos mudar as coisas que nos preocupam e nos derrotam. Então, vamos pagar o preço; vamos realmente orar e chegar aos ouvidos de Deus.

Você talvez responda: “Bem, eu oro, mas as coisas não mudam”. Dê tempo a Deus! Costumávamos dizer: “Vou orar até alcançar”. Era uma expressão bastante comum que se traduz em importunação, insistência.

Em Lucas 18 diz: “Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar”[1]. O problema é que nós desanimamos; não ficamos firmes até recebermos a resposta desejada.

E Jesus disse: “Havia numa cidade um certo juiz, que nem a Deus temia, nem respeitava homem algum. Havia também naquela mesma cidade uma certa viúva e ia ter com ele, dizendo: Faze-me justiça contra o meu adversário. E, por algum tempo, não quis; mas, depois, disse consigo: Ainda que não temo a Deus, nem respeito os homens, todavia, como esta viúva me molesta, hei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte e me importune muito”.[2]

Prestem atenção na conclusão: “E disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz. E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles?”[3]

O Senhor está dizendo que esta viúva recebeu sua resposta devido à sua insistência. Ele diz: “Se este juiz injusto pode fazer isso, por acaso Deus não fará justiça aos Seus que clamam a Ele de dia e de noite?”.

Esse é um exemplo de insistência mencionado na Palavra de Deus. Tem uma outra passagem no capítulo 11 de Lucas que diz:

“Então lhes disse: Suponham que um de vocês tenha um amigo e que recorra a ele à meia-noite e diga: ‘Amigo, empreste-me três pães, porque um amigo meu chegou de viagem, e não tenho nada para lhe oferecer’.

E o que estiver dentro responda: ‘Não me incomode. A porta já está fechada, e meus filhos estão deitados comigo. Não posso me levantar e lhe dar o que me pede’. Eu lhes digo: embora ele não se levante para dar-lhe o pão por ser seu amigo, por causa da importunação se levantará e lhe dará tudo o que precisar. Por isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta.”[4]

Lembre-se que quem está dizendo isto é o Senhor Jesus Cristo. Vou repetir. Ele não daria o que seu amigo pediu só porque era seu amigo, mas, Jesus disse que, “por causa da importunação se levantará e lhe dará tudo o que precisar”.

“Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta.”[5]

Caros amados, isso não significa ir a Deus com um sorrisinho amarelo e Lhe pedir algo. Este é um pedido feito com ousadia e insistência quem envolve buscar e bater! “Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.” É o Senhor Jesus Cristo quem está falando isto!

Podemos definir isso como uma maneira de orar até termos certeza de que Deus nos ouviu.

Quantas vezes na Palavra de Deus lemos sobre isso! Eu mencionei duas passagens maravilhosas sobre esse assunto, e há muitas outras que mostram que devemos perseverar.

Não podemos simplesmente fazer uma oraçãozinha às pressas e depois reclamar que Deus não responde. Espere no Senhor. Dê uma chance a Deus. Existem muitos versículos que falam sobre esperar pelo Senhor.

Isaías 25:9 diz: “Esse é o nosso Deus; nós confiamos nele, e ele nos salvou. Esse é o Senhor, nós confiamos nele; exultemos e alegremo-nos, pois ele nos salvou”. E o Salmo 112:7 diz: “Não temerá maus rumores; o seu coração está firme, confiando no Senhor”.

Nesta passagem o salmista não está fazendo uma pequena oração, e depois deixando pra lá sem nunca esperar a resposta. Seu coração está firme; ele está confiando no Senhor para atendê-lo. A Palavra diz, “seu coração está bem firmado”, “até que ele veja cumprido o seu desejo”.[6] Que promessa incrível!

Eu gosto de ler os Salmos. Fico muito emocionada quando Davi volta de uma sessão de oração com essa certeza maravilhosa de que Deus o ouviu. Ele disse: “Deus me ouviu; atendeu à voz da minha oração”.[7]

Às vezes, quando Davi orava, estava angustiado por causa de alguma grande provação. Mas depois de conversar com Deus ele volta e diz: “O Senhor ouviu a minha súplica”.[8] E em outra passagem ele diz: “Na verdade, Deus me ouviu; atendeu à voz da minha oração”.[9]

Amado, você já chegou a esse ponto, em que orou com tanta perseverança, com tanta insistência, se “firmando” com tal fervor, até sentir certeza no seu coração de que o Senhor não rejeitou a sua oração? Como disse o salmista: “Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem desviou de mim a sua misericórdia”.[10] “O Senhor já ouviu a minha súplica; o Senhor aceitará a minha oração.”[11]

Quando a Palavra de Deus diz: “A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos”[12] está se referindo a quando oramos fervorosamente, desesperadamente.  Quando estamos determinados assim e nos mantemos firmes, a resposta virá da maneira que Deus sabe que é melhor.

Existem muitas maneiras de enfrentar crises, mas a melhor delas é orar mirando direto o coração de Deus. Aguente firme, meu amigo, pois a vitória está a caminho. Deus o disse, e prometeu atender às nossas orações. “No tempo próprio colheremos, se não desanimarmos.”[13] “Não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada.”[14]

Deus os abençoe. Ele está no trono e a oração verdadeiramente muda as coisas.

Transcrição de uma transmissão do programa Meditation Moments, adaptada. Publicado no Âncora em maio de 2022.


[1] Lucas 18:1 NVI.

[2] Lucas 18:2–5.

[3] Lucas 18:6–7.

[4] Lucas 11:5–9 NVI.

[5] Lucas 11:9.

[6] Salmo 112:8.

[7] Salmo 66:19.

[8] Salmo 6:8.

[9] Salmo 66:19.

[10] Salmo 66:20.

[11] Salmo 6:9.

[12] Tiago 5:16.

[13] Gálatas 6:9 NVI.

[14] Hebreus 10:35 NVI.