tfionline Faça seu login

Dezembro 23, 2019

A Essência do Natal

Palavras de Jesus

[The Essence of Christmas]

Pois desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas para fazer a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum dos que ele me deu, mas os ressuscite no último dia. Porque a vontade de meu Pai é que todo o que olhar para o Filho e nele crer tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.—João 6:38–40[1]

Fiz-Me pobre para que você se tornasse rico. A essência do Natal é a Minha vinda na forma humana, um presente de valor incomensurável. Contudo, tornou-Me extremamente pobre! Deixei os esplendores do Céu para nascer indefeso em um estábulo em Belém, distante do lar, e filho de pais pobres.

Durante a Minha vida realizei muitos milagres para benefício de outros. Depois de jejuar quarenta dias e noites no deserto a tentação do diabo foi para que Eu transformasse pedras em pão. Mas, mesmo faminto como estava, recusei-Me a fazer tal milagre. Vivi sem um lar durante muitos anos.

O fato de Eu estar disposto a vivenciar a pobreza fez de você uma pessoa extremamente rica! Minha vida, morte e ressurreição abriram caminho para Meus seguidores se tornarem filhos de Deus e herdeiros de gloriosas e eternas riquezas. A Minha presença constante também é uma dádiva preciosa. Comemore com gratidão e alegria inefável todas essas dádivas maravilhosas que lhe foram dadas…

O Natal é uma data de regozijo pela Minha milagrosa vida como ser humano, quando a Palavra se fez carne e habitou entre vocês. Tornando-Me um ser humano e vivendo no seu mundo pude Me identificar com a humanidade em todos os aspectos. Não deixe a familiaridade entorpecer a sua sensibilidade ao poder desse incrível milagre. Reconheça que sou a maior dádiva de todas, e alegre-se em Mim!

Tire toda a tralha do seu coração. Abra o seu coração. Reflita nas maravilhas da Minha presença na história da humanidade. Considere esses eventos sob a ótica dos pastores que guardavam seus rebanhos à noite. Eles testemunharam primeiro a chegada de um anjo, depois de uma multidão de anjos reluzentes no céu proclamando: “Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens aos quais ele concede o seu favor”. Contemple a glória do Meu nascimento, como fizeram os pastores, e responda como uma criança maravilhada com o que vê.[2]

A Minha essência

“Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele. Dessa forma o amor está aperfeiçoado entre nós, para que no dia do juízo tenhamos confiança, porque neste mundo somos como ele.”—1 João 4:16–17[3]

O Natal é muito melhor quando focamos o amor, não enfeites, presentes ou festividades. Amor é a essência do Natal. Natal é valorizar e celebrar o amor que você tem. Infelizmente, o amor fica perdido no meio de todos os enfeites e presentes; entre compras sem fim, ceias, festas e todas as atividades febris típicas dessa época.

O Natal é uma época de festa, mas é também muito mais. Eu vim ao mundo por amor, para viver e morrer por você. O amor foi e continua sendo a Minha essência. Tudo que fiz foi por amor, e amor por todos que já viveram e ainda viverão. Mas você é tão importante para Mim que Eu teria feito isso ainda que fosse só por você.

Aproveite as decorações natalinas, as refeições deliciosas e a troca de presentes, mas não permita que dominem ou o distraiam da essência do Natal, daquilo que é mais importante e melhor, e que permanecerá por toda a eternidade: o amor.

Época de alegria

“…Estou lhes trazendo boas novas de grande alegria, que são para todo o povo.”—Lucas 2:10[4]

O Natal é considerado uma “época de alegria”, “época de regozijo”. Mas, já lhe aconteceu de ser acometido por um sentimento totalmente contrário a alegria e regozijo? Se você sente que tem de fazer cada Natal maior e melhor que o anterior, provavelmente está ocupando cada momento com preparações para essa meta. Mas, às vezes, menos é mais.

Quanto menos se preocupar em criar o Natal “perfeito”, mais tempo terá para desfrutar do Natal. Menos estresse e pressão sentirá, e o tempo junto com seus amados será mais alegre e feliz.

O Natal é uma época de festejar com a família e amigos. É uma época para celebrar o maior amor entre as pessoas e o maior presente que já foi dado à humanidade. A razão por que vim ao mundo há mais de dois mil anos foi por amor a você. Foi amor que me impeliu a andar pelo mundo, tornar-me um com o povo, viver e morrer por você. Ame mais neste Natal, concentre-se no meu amor e tenha uma celebração verdadeiramente gratificante!

Troca de presentes no Natal

“Amados, amemo-nos uns aos outros, pois o amor procede de Deus. Aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus… Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho como propiciação pelos nossos pecados.”—1 João 4:7, 9–10[5]

O primeiro Natal foi um presente que Meu Pai deu por amor ao mundo, mas também um presente para você pessoalmente.

Aqueles que testemunharam em primeira mão a estrela, o coro de anjos, o bebê na manjedoura, tiveram uma experiência espiritual inesperada e avassaladora. Os poucos que tiveram a bênção de reconhecer que aquele bebê era o seu Messias viram a realização dos seus sonhos. Para eles e os muitos milhões que creram desde então, isso tem sido a porta de entrada na vida eterna. E é o mesmo hoje. Se você comemora o Natal em espírito e verdade, pode partilhar dessa mesma promessa, maravilha e alegria inefável.

No entanto, o Natal é mais do que isso, mais do que uma dádiva do coração do Meu Pai para o seu, é uma troca de presentes. É uma ocasião especial conforme você absorve o Meu amor e revive a maravilha do primeiro Natal. É especial para Mim também, pois você dedica mais tempo para Me amar, agradecer e louvar por tudo o que tenho feito por você. Então, se deseja saber o que Me dar de presente este Natal, torne-o especial dando o melhor presente de todos, o amor.

Publicado no Âncora em dezembro de 2019.


[1] NVI.

[2] Sarah Young, Jesus Always (Thomas Nelson, 2017).

[3] NVI.

[4] NVI.

[5] NVI.