tfionline Faça seu login

Outubro 5, 2021

Vida Abundante

Compilação

[Abundant Life]

“Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.”—João 10:10[1]

Conta-se a história sobre um artista que fez a escultura de um lindo anjo e buscou a opinião do mestre Michelangelo. Sendo chamado, este compareceu. Após examinar meticulosamente a escultura sob todos os ângulos, por fim disse: “Bem, só falta uma coisa”. Deu meia-volta e saiu.

Sem saber ao que ele se referia e constrangido para ir perguntar ao grande escultor, o artista enviou um amigo ao estúdio de Michelangelo para tentar descobrir o que faltava em sua estátua.

O mestre respondeu: “Falta vida”.

Pode-se dizer o mesmo de muitas pessoas hoje. Elas têm uma casa, um carro, esposa e filhos. Elas têm uma carreira e dinheiro no banco. Tudo na sua vida transcorre dentro dos padrões para uma vida plena. Mas mesmo assim falta algo. — Ainda lhes falta vida.

Jesus tem algo a dizer sobre isso, e no Evangelho de João, Ele explica como a nossa vida deveria ser... “Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”.

O contexto de João 10 é o de um pastor e suas ovelhas, sendo Jesus o pastor e nós as ovelhas. Mas somos lembrados de que Jesus não é só nosso pastor, Ele é o Bom Pastor. É importante entender que a palavra usada aqui para “bom” não se refere apenas a moralmente bom, embora inclua isso. Também pode ser traduzida como “bela” ou “cativante” ou “adorável”; até mesmo “atraente”. Jesus é o pastor belo, atraente e cativante, e o plano dEle para o rebanho — especificamente, o plano do Senhor para você — é que a sua vida floresça. A Sua maior alegria é abençoar você. …

A vida abundante a que João 10:10 se refere não é obrigatoriamente longa, embora possa ser, mas com certeza é plena. A Medicina tenta acrescentar anos às nossas vidas, mas somente Jesus pode acrescentar vida aos nossos anos. …

Se a Bíblia fosse interpretada de uma maneira diferente, sem a promessa do céu e da vida após a morte; se simplesmente deixássemos de existir ao morrer, mas tudo o mais sobre a vida cristã permanecesse o mesmo, só isso seria razão suficiente para eu continuar sendo cristão. Ter Cristo na minha vida, contar com a Sua orientação e liderança, ter Sua bênção, ter padrões para seguir e nortear a minha vida... Eu seria um cristão mesmo que apenas por essas coisas.

Ainda que eu não tivesse a promessa do Céu e do plano de Deus para a vida eterna, valeria a pena simplesmente ter o Senhor na minha vida. Mas a boa notícia, caro amigo, é que existe um Céu. Existe uma vida após a morte. Existe a esperança que todo cristão tem: vida — e com mais abundância.—Greg Laurie[2]

O que Jesus quis dizer quando prometeu uma vida abundante?

Em João 10:10, Jesus disse: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância”. O Senhor Jesus, ao contrário de um ladrão, não vem por motivos egoístas. Ele vem para dar, não para tirar. Ele vem para que possamos ter uma vida significativa, alegre, com propósito, e eterna junto a Ele. — E recebemos esta vida abundante a partir do momento que O aceitamos como Salvador.

No grego, a palavra “abundante” é perisson, que significa “excessivamente, grandemente, ilimitada, mais, extra, uma quantidade tão abundante que é consideravelmente mais do que o que se poderia esperar ou imaginar”. Em suma, essa vida que Jesus nos promete, muito melhor do que poderíamos imaginar, é um conceito que remete a 1 Coríntios 2:9: “Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam”.

Antes de começarmos a imaginar casas luxuosas, carros caros, cruzeiros marítimos pelo mundo e mais dinheiro do que damos conta de gastar, precisamos parar e pensar sobre o que Jesus ensina a respeito dessa vida abundante. A Bíblia nos diz que riqueza, prestígio, posição e poder não são as prioridades de Deus para nós neste mundo.[3] Em questão de status socioeconômico e cultural, a maioria dos cristãos não vem das classes privilegiadas. Obviamente, então, a vida abundante não consiste em abundância de coisas materiais, pois se fosse assim, Jesus teria sido o mais rico dos homens. A realidade é exatamente o contrário.[4]

Vida abundante é vida eterna, uma vida que começa no momento em que vamos a Cristo e O recebemos como Salvador, e permanece por toda a eternidade. “E a vida eterna é esta: que conheçam a ti só por único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”[5] Esta definição não especifica número de dias, condição de saúde, prosperidade, família ou ocupação. Na verdade, a única coisa que menciona é o conhecimento de Deus, que é o segredo para uma vida verdadeiramente abundante.

O que é uma vida abundante? Primeiro, abundância se refere a abundância espiritual, não material. Na verdade, Deus não está muito preocupado com as circunstâncias físicas da nossa vida. Ele nos assegura que não precisamos nos preocupar com o que havemos de comer ou vestir.[6]

A vida verdadeiramente abundante consiste em abundância de amor, alegria, paz e dos outros frutos do Espírito,[7] não abundância de “coisas”. Ela consiste da vida que é eterna, portanto, devemos focar no que é eterno, não nas coisas temporárias. Paulo nos admoesta: “Pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus”.[8]De GotQuestions.org[9]

Vida com abundância

Não existem palavras que descrevam as riquezas que se pode ter em Jesus, e quanto mais perto dEle se caminhar, maiores serão as revelações do Seu poder e da glória e herança que o cristão terá! Eu gostaria de ter uma nova maneira de lhe dizer o que significa aproximar-se do Senhor Jesus Cristo. Ele veio para que você tenha vida e a tenha com abundância.[10] Ele quer que você se aproxime. Ele deseja que você tenha a Sua paz, a Sua alegria e o descanso que Ele oferece.

Ele diz: “A Minha paz vos dou” e, “Peçam e receberão, para que a alegria de vocês seja completa”.[11] Ele quer que você tenha toda essa plenitude. Ele quer que você se aproxime dEle. Ele até deseja que você prospere. O primeiro Salmo fala do homem justo, que prospera em tudo o que faz.[12]

Jesus quer que você se aproxime dEle e conheça a vida abundante que Ele ofereceu, que Ele veio para nos dar — uma vida acima comum, do medíocre, uma vida extraordinária. Se a sua relação com Jesus for superficial, você nunca conhecerá essa vida! “Mais perto, muito mais perto, só um passo mais perto de Ti, querido Senhor.”

Ele quer lhe mostrar que cada promessa em Sua Palavra é confiável. Se você tem uma necessidade hoje, Ele quer suprir o que você precisa.[13] Ele prometeu dar-lhe os desejos do seu coração se você se deleitar nEle.[14]

Você está se deleitando em Jesus? Só Ele o satisfará! “O meu corpo e o meu coração poderão fraquejar, mas Deus é a força do meu coração e a minha herança para sempre.”[15]

Ele é a “porção que o satisfaz”. Aproxime-se dEle, leia Sua Palavra e medite nEle, que é a sua porção eterna.—Virginia Brandt Berg

Abundância e esperança

Deus, por meio de Jesus Cristo, nos oferece muito—“infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos”[16]— tanto na nossa vida física atual quanto na vida espiritual por vir. Porque o desejo de Deus para nós não é de calamidades. Ele quer nos dar uma vida mais abundante hoje, e uma esperança para o futuro.

Ele veio para nos dar descanso e alívio das preocupações e tensões da vida diária. Ele pede que nos cheguemos a Ele quando estamos sobrecarregados com preocupações e problemas: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso... Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”.[17] Vivemos em um mundo agitado, e todos precisamos de momentos de silêncio e de uma pausa para falarmos com Deus e ouvir o que Ele tem a nos dizer através da Sua Palavra.

Ele veio também para nos inspirar e animar neste mundo de guerras e tumultos, por meio de Suas palavras encorajadoras em João 16:33: “Tende bom ânimo, eu venci o mundo”. Se ficarmos só pensando na condição do mundo hoje, é fácil ficarmos deprimido. Mas o conselho do Senhor para quando virmos essas coisas acontecerem é: “Olhai para cima e levantai a vossa cabeça, porque a vossa redenção está próxima”.[18]

Ele também nos dá a garantia de que estará sempre conosco, até à consumação dos séculos. Isso significa que sempre estará conosco para nos ajudar a enfrentar as tempestades da vida, nos dar paz e nos encorajar até ao fim.[19]

Ele nos envia o Consolador ou Ajudador na forma do Espírito Santo de Deus — um Espírito que contribui para termos uma vida de amor, alegria, paz, longanimidade, bondade, benignidade, fidelidade, mansidão e domínio próprio.[20]

Conforme chegamos ao final da nossa vida física, Ele diz que não devemos nos entristecer como aqueles que não têm esperança.[21] Porque a nossa vida física é apenas uma preparação para a eternidade. ... A outra vida será com um corpo espiritual glorificado, feito e moldado à semelhança de Cristo[22] e uma herança incorruptível para uma herança que não pode murchar, guardada nos céus para nós.[23] … 

O tipo de vida em Cristo descrito acima dá apenas uma ideia superficial do que Deus tem reservado para aqueles que verdadeiramente permanecem fiéis a Ele. Pode-se descrever a próxima vida como uma vida de bênçãos, saúde, prosperidade, felicidade, realização e propósito. Aqueles que seguem a Cristo, já nesta vida têm um maravilhoso antegosto das bênçãos futuras!

Ele realmente veio para que possamos ter vida e vida com mais abundância. Não é de se admirar, então, que o salmista Davi sentiu-se inspirado a escrever: “Na tua presença há abundância de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente.”[24]Hector Earle[25]

Publicado no Âncora em outubro de 2021.


[1] NVI.

[2] https://www.oneplace.com/ministries/a-new-beginning/read/articles/abundant-life-10479.html.

[3] 1 Coríntios 1:26–29.

[4] Mateus 8:20.

[5] João 17:3 NVI.

[6] Mateus 6:25–32; Filipenses 4:19.

[7] Gálatas 5:22–23.

[8] Colossenses 3:2–3.

[9] https://www.gotquestions.org/abundant-life.html.

[10] João 10:10.

[11] João 14:27, 16:24.

[12] Salmo 1:3.

[13] Filipenses 4:19.

[14] Salmo 37:4.

[15] Salmo 73:26 NVI.

[16] Efésios 3:20.

[17] Mateus 11:28–30.

[18] Lucas 21:28.

[19] João 10:28; Filipenses 1:6; 4:13; Hebreus 13:5.

[20] Gálatas 5:22–23.

[21] 1 Tessalonicenses 4:13.

[22] 1 João 3:2.

[23] 1 Pedro 1:4 RC.

[24] Salmo 16:11.

[25] https://www.ucg.org/beyond-today/take-it-or-leave-it-reflections-on-John-1010.