tfionline Faça seu login

Março 20, 2014

Tesouros Ocultos

Palavras de Jesus

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação.[1]

Irmãos, não queremos que vocês desconheçam as tribulações que sofremos... as quais foram muito além da nossa capacidade de suportar, a ponto de perdermos a esperança da própria vida. De fato, já tínhamos sobre nós a sentença de morte, para que não confiássemos em nós mesmos, mas em Deus, que ressuscita os mortos. Ele nos livrou e continuará nos livrando de tal perigo de morte. Nele temos colocado a nossa esperança. — 2 Coríntios 1:3–5, 8–10[2]

 

Eis os tesouros ocultos nas trevas, enterrados bem no fundo da Minha mina! Assim como o minerador vai para as profundezas da terra e sacrifica o seu desejo por luz e calor, preferindo trabalhar na escuridão da mina e suportar o pó e a sujeira, ficar confinado em um local apertado, ter dor nas costas e nos músculos para poder trabalhar procurando gemas preciosas escondidas debaixo da terra, nas minas, assim é você. Neste momento, você se encontra num local difícil, procura a luz do sol, deseja poder respirar um pouco de ar puro, sente-se confinado, sem fôlego e meio asfixiado por causa do ar viciado, e anseia por uma mão que se estenda para o ajudar.

Não esmoreça nem desanime, pois nesse local aparentemente escuro você encontrará tesouros inestimáveis, mais valiosos do que qualquer outro! Este período não vai ser longo. Não vai durar para sempre. É apenas por um tempo, apenas por um momento. Então, não se canse de fazer o bem. Não se canse do lugar onde se encontra agora, pois aí você está aprendendo a se apoiar em Mim. Você está aprendendo a ficar nos Meus braços, perto de Mim, onde pode encontrar a força que precisa para continuar.

Não desanime nem esmoreça, e não se considere um fracasso. Não pense que Eu não te amo. Eu te amo e tenho um grande carinho por você. Eu o observo cada momento do dia! Ouço cada vez que você chama e todas as suas orações. Vejo cada lágrima que derrama. Estou sempre aqui para lhe dar forças e ajudar.

Então não se preocupe. Você não está fora do círculo do Meu Amor, mas bem no centro do Meu Amor. Eu nunca o deixarei nem desampararei. Eu nunca falharei a você. Cumprirei o Meu propósito na sua vida.

*

Esqueça o passado

Minha preciosidade! Deixe o fardo e os pesos do passado. Perdoe-se pelos seus erros passados e aceite o perdão que outros lhe dão. Não se preocupe pensando como as coisas teriam sido diferentes ou como poderiam ter sido melhores caso você tivesse feito isto ou aquilo. Esse conflito, essa indecisão e esse sentimento de culpa e remorso quanto ao passado são pesos e fardos que você carrega desnecessariamente.

Esqueça o passado e encontre fé e tranquilidade, sabendo que Eu tenho o Meu plano perfeito para a sua vida. Eu sou o grande Pastor, e você não tem o que temer. Usei todas as experiências da sua vida para transformar você na pessoa que é agora.

Você teve que conhecer alegria e tristeza, luz e trevas, dor e felicidade, perda e ganho, derrota e vitória, para poder aprender a ter dó, a ter compaixão e compreensão. Isto aconteceu para você poder entender os outros, para poder se colocar no lugar deles e dizer: "Sim, eu sei como você se sente. Eu sei como é. Já estive numa situação assim. Eu também já passei por isso. Sei como é difícil."

Você pode ensinar outros a encontrarem fé, esperança e coragem, porque já viu a Minha ajuda nos momentos difíceis. Você sabe que há uma luz no final do túnel, porque já a viu e já passou por esse túnel. Você sabe que vale a pena continuar lutando e não desistir, porque já passou por isso.

*

Eu entendo a provação do coração dos homens, o grau de desespero e de desencorajamento. Eu compreendo o grau de renúncia, pois primeiro Eu tive que renunciar a Meu Pai para ir para a Terra. Depois tive que renunciar àqueles que tanto amava para regressar para o Meu Pai.

Eu entendo a profundeza da dor e da aflição, pois Eu gritei de dor quando os pregos perfuraram as Minhas mãos e os Meus pés. Sei como é ser abandonado por aqueles que Me amavam, sim, até pelo Meu próprio Pai, e por isso gritei: "Meu Deus! Meu Deus! Por que Me desamparaste?"”[3]

Eu entendo o medo profundo, o medo de encarar aquilo que está pela frente por causa da dor e da angústia que trará. E por isso Eu disse: "Pai, passa de Mim este cálice".[4]

Eu entendo a profundeza da sensação de perda quando aqueles que Me amavam mais Me abandonaram quando fui levado cativo. E conheço a profundeza da mágoa de ver alguém que amamos nos trair, como Judas Me traiu com um beijo.

Porventura não sou um sumo sacerdote que Se compadece das suas fraquezas?[5] Fico de coração partido ao ver sua dor e ver você batalhando e passando pelo fogo da provação e pelo teste da purificação. — Quando se sente tão sem esperança, perdido, abandonado; quando se agarra com toda a sua força e ainda assim sente que não existe mais nada a que se agarrar.

Embora o Meu Pai não tenha passado este cálice de Mim, e embora Eu tenha visto os Meus entes queridos fugirem do Meu lado na hora da angústia, e aquele que Eu amava Me trair, e embora os pregos tenham perfurado Minhas mãos e pés, e embora Eu tenha levado muitas chicotadas, e sentido que Meu Pai Me abandonara, e embora tenha tido que passar pela morte, ainda assim tudo isso gerou uma vitória enorme, uma renovação enorme, uma salvação enorme!

Pois embora tenha parecido uma derrota Eu ser chicoteado e açoitado, ser coroado de espinhos e pregado numa cruz, e apesar de Eu ter clamado: "Meu Deus! Meu Deus! Por que Me desamparaste?" o Meu Pai Me guardou e Me deu uma grande ressurreição que mudou o curso da História e toda a eternidade.

Embora tudo pareça tenebroso e você não consiga ver, sabe que está envolto nos Meus braços. Eu lhe peço para confiar em Mim quando estiver nas profundezas, para confiar em Mim na hora do desespero, para confiar em Mim na sua dor, quando tiver que renunciar, pois Eu faço tudo bem e ajo na sua vida com amor. Se estiver disposto a beber deste cálice, se estiver disposto a dizer: "Não se faça a minha vontade, mas a Tua"[6], também terá uma gloriosa ressurreição que ultrapassará tudo o que você conhece!

*

Antes da fundação do mundo

Você é o Meu filho amado. Eu o escolhi antes da fundação do mundo para trilhar Comigo caminhos criados especificamente para você. Concentre-se em Me acompanhar em vez de querer adivinhar Meus planos para a sua vida. Se confiar que tenho planos de prosperá-lo e não lhe causar mal, conseguirá relaxar e desfrutar o momento.

A sua esperança e o seu futuro estão arraigados no Céu, onde o êxtase eterno lhe está reservado. Nada tirará de você a sua herança de riquezas inconcebíveis e bem estar. Às vezes, lhe permito vislumbres do seu glorioso futuro para encorajá-lo e incitá-lo a seguir adiante. Mas o seu fogo principal deveria ser ficar perto de Mim. Eu determino o ritmo de acordo com suas necessidades e Meus desígnios.[7]

Publicado originalmente em 1997, salvo indicação contrária. Adaptado e republicado em março 2014. Tradução Hebe Rondon Flandoli. Revisão Denise Oliveira.


[1] NIV.

[2] NIV.

[3] Mateus 27:46.

[4] Mateus 26:39.

[5] Hebreus 4:15.

[6] Mateus 26:39.

[7] Sarah Young, Jesus Calling (Nashville: Thomas Nelson, 2010).