tfionline Faça seu login

Janeiro 25, 2016

Superando a Condenação

Palavras de Jesus

[Overcoming Condemnation]

“Nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.”—Romanos 8:39[1]

Amado, você pode pedir ao meu Espírito para ajudá-lo a se libertar dos sentimentos de condenação. Reconheça que esses sentimentos não têm base na realidade. Então olhe para Mim com os olhos da fé. Deleite-se no Meu sorriso celestial de aprovação. Quanto mais você se conectar a Mim focando na Minha presença, mais você pode receber Minha afirmação amorosa.

O melhor antídoto para sentimentos de condenação é vivenciar o Meu amor por você. Você também pode combater esses sentimentos ponderando nas verdades do Evangelho.

Finalmente, lembre-se que o Meu Espírito é o Espírito de Vida. Sentimentos de condenação drenam sua energia, deixando-o vulnerável. Assim como o Meu Espírito o enche de vida, você está autorizado a viver abundantemente—plenamente.

Não há nenhuma condenação para aqueles que pertencem a Mim, porque através de Mim a lei do Espírito da vida, o liberta da lei do pecado e da morte.[2]

 

O quadro geral

“Busquei o Senhor, e Ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores. Os que olham para Ele estão radiantes de alegria; seus rostos jamais mostrarão decepção.”—Salmo 34:4–5[3]

Meu filho, Eu o chamo para vir a Mim; descansar e Me entregar suas preocupações e fardos, a sua carga tão pesada. Essas veredas pelas quais você entrou nesses últimos quilômetros têm sido penosas e difíceis. Houve obstáculos no caminho, uma trilhazinha escarpada pela qual entrou que o fez tropeçar e cair de certa forma.

Foi uma pequena trilha, um morrinho no chão em comparação com os vários quilômetros que você já percorreu, as montanhas, vales e morros escarpados pelos quais já passou. Tem sido apenas um pequeno momento no tempo, mas muito real e doloroso para você.

Não se condene pelas vezes que tropeçou e caiu, por não ter conseguido ficar em pé e forte, firme e ereto num terreno muito difícil e acidentado. Não há razão para se envergonhar. Eu não o condeno, Meu filho.

Eu estava ciente desse desvio, dessa parte da estrada que seria difícil para você e a qual você não esperava. Sei que você não entende totalmente, mas tenha certeza de que o que você desconhece Eu conheço. Você vê a situação levando em conta as emoções e sentimento de fracasso, mas Eu vejo o quadro todo. Esse foi o Meu desígnio, pois vejo-o vindo a Mim agora, como já fez muitas vezes quando estava num beco sem saída, sem saber o que fazer ou como agir nessa situação difícil.

Quando vem a Mim, estou sempre de braços abertos. Eu posso consolá-lo e auxiliá-lo, posso lhe dar forças, amor e entendimento se você Me entregar todos os seus problemas, tendo fé e confiando em Mim. Nenhum fardo é grande demais, e nenhum sentimento de fracasso é grande ou complexo demais para Eu retirar num piscar de olhos. Quando ouvir a Minha voz chamando-o para se aproximar novamente, largue o seu fardo, deixe-o aí mesmo onde está e venha estar na Minha presença.

Usei essa parte rochosa do caminho pelo qual você passou, pelo qual o trouxe, para aproximá-lo de Mim. Quando você caiu desnorteado, desorientado e incerto quanto a como proceder Eu ergui e o aproximei de Mim. Deixe-Me tirá-lo da confusão, do sentimento de culpa e de condenação, das preocupações com suas falhas e fraquezas. Relaxe totalmente na Minha graça, e ali encontrará o reflexo do Meu amor e paz, ao vir a Mim sem nada nas mãos — sem nenhuma bondade própria e justiça própria.

Eu o atraí a Mim para que conhecesse a Minha paz, consolo e amor através das suas lágrimas. Quando estiver renovado, continuaremos a seguir nesta grande jornada à frente juntos. Sei que não vai tirar sua mão da Minha, que andaremos lado a lado, e continuaremos a ter doce comunhão e conversas.

O caminho que trilhamos nem sempre será tranquilo, fácil e direto. Mas quando chegarem os momentos difíceis e os caminhos escarpados e dificuldades ao longo da estrada, você poderá parar e olhar para Mim, e Eu o fortalecerei e trarei paz ao seu coração. A estrada à frente é maravilhosa, Meu filho, porque Eu o amo e serei sua força, sua alegria e vida ao longo da jornada.

 

Banhado em graça

“Porque Deus nos escolheu nEle antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado.”—Efésios 1:4–6[4]

Seu relacionamento Comigo é saturado em graça. Portanto, nada que você faça ou deixe de fazer pode separá-lo da Minha presença. Quando você sabe que falhou a Mim, o sentimento de culpa e medo vão conspirar para convencê-lo de que perdeu o Meu amor. Você se sente indigno e é tentado a punir a si mesmo pelos seus pecados. Mas lembre-se que Eu o vesti com as vestes da salvação—o adornei com a Minha própria justiça. Sua salvação tem tudo a ver Comigo e com o que Eu fiz para resgatá-lo. Permita-Me ajudá-lo a sentir-se seguro no Meu amor.

Quando sentir-se muitíssimo arrependido, precisa agarrar à graça como à própria vida. É completamente impossível para Mim deixar de amá-lo. Seu relacionamento Comigo é tão saturado na graça que os dois são inseparáveis.

Uma carne marinada é diferente. Quando você fica mais tempo no molho, mais marinado se torna, e mais temperado e tenro é aquele que tem sido marinado na graça desde que passou a confiar em Mim como Salvador. Quanto mais “marinado” estiver, mais plenamente a Minha graça permeará o nosso relacionamento. É impossível você perder essa graça!

Quero que descanse na perfeição da sua salvação. Minha graça gloriosa faz com que você seja santo e sem culpa à Minha vista. Nada que você faça ou deixe de fazer pode separá-lo do Meu amor.[5]

Publicado no Âncora em janeiro de 2016.


[1] NVI.

[2] Sarah Young, Dear Jesus (Thomas Nelson, 2007).

[3] NVI.

[4] NVI.

[5] Sarah Young, Jesus Lives (Thomas Nelson, 2009).