tfionline Faça seu login

Outubro 30, 2019

Saúde É Mesmo a Coisa Mais Importante?

Dennis Edwards

[Is Health the Most Important Thing?]

Eu tenho pensado na resposta que as pessoas normalmente dão quando alguém lhes pergunta como estão. Às vezes a resposta é algo do tipo: “O importante é ter saúde. Então estou bem, pois não tenho nenhum problema de saúde”.

Certa vez, durante uma campanha, entrevistei algumas pessoas e perguntei o que elas consideravam a coisa mais importante. A grande maioria mencionou a saúde. Mas será que saúde é mesmo a coisa mais importante? E se tiver saúde então está tudo bem?

A Bíblia diz que o mandamento mais importante é: “Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças. O segundo é este: Ame o seu próximo como a si mesmo”.[1]

Lemos nos Provérbios: “A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possuis, adquire o conhecimento”.[2] Inclusive, nos Provérbios diz que se procurarmos a sabedoria, ela nos dará vida e saúde.[3] A vida à qual se refere pode muito bem ser a vida eterna que todos desejamos e pela qual esperamos.

Em uma passagem nos Salmos fala repetidas vezes sobre como os problemas e aflições de Davi o aproximaram de Deus. Em outras palavras, contribuíram para o bem na sua vida. Diz, “Antes de ser afligido andava errado, mas agora guardo a tua palavra”.[4] “Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos”.[5]

Davi também disse: “Na minha aflição clamei ao Senhor... Do seu templo ele ouviu a minha voz.”[6] Os Salmos nos mostram Davi constantemente encontrando Deus nas suas aflições, pois suas tribulações e enfermidades o aproximaram do seio de Deus.

No livro de Jó lemos sobre suas perdas e a enfermidade que o fez entender que Deus é bom, não importa o que lhe aconteça. Deus fará com que toda situação contribua para bem—se O amarmos e nEle confiarmos. A frase mais famosa no livro de Jó é a sua declaração de fé: “Ainda que ele me mate, nele confiarei”.[7]

O apóstolo Paulo reitera isso nos seus escritos, dizendo: “Todas as coisas colaboram para o bem daqueles que amam a Deus”.[8]

No livro de Jonas, ele diz: “Em meu desespero clamei ao Senhor, e ele me respondeu. Do ventre da morte gritei por socorro, e ouviste o meu clamor”.[9] A aflição, a dificuldade, o problema que Jonas enfrentou o fizeram clamar ao Senhor.

Portanto, aflições, enfermidades, dificuldades, dores e pesares podem contribuir para o bem—se nos fizerem aproximar de Deus. O apóstolo Tiago, irmão de Jesus, escreveu: “Aproximem-se de Deus... Entristeçam-se, lamentem e chorem. Troquem o riso por lamento e a alegria por tristeza. Humilhem-se diante do Senhor, e ele os exaltará”.[10]

Salomão escreveu: “É melhor ir a uma casa onde há luto do que a uma casa em festa... tristeza é melhor do que o riso, porque o rosto triste melhora o coração”.[11]

Salomão também disse: “Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem”.[12] Paulo nos diz que os mandamentos de Deus se cumprem em uma só palara, esta: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”.[13]

Portanto, a Bíblia nos mostra que o mais importante é o nosso relacionamento com Deus e com os outros, não a nossa saúde. Sendo assim, amigos, convém a nós amar a Deus e uns aos outros, suportar nossas aflições e dificuldades com bravura e permitir que nos aproximem de Jesus. 

Algumas das circunstâncias mais difíceis na vida se tornam suportáveis devido aos relacionamentos que se formam a partir delas. Podemos deixar nosso sofrimento, nossa dor e pesar nos aproximarem mais de Deus, que nos ama e quer nos ajudar, consolar, e ser o nosso abrigo seguro na hora da adversidade.

Annie Johnson Flint escreveu muitos lindos poemas que foram publicados no livro The Making of the Beautiful (Criando Beleza em tradução livre). Durante 40 anos ela sofreu com uma debilitante artrite que contribuiu para aproximá-la de Deus e fazer algo lindo dos seus “cacos”. Como Nick Vujicic, o famoso palestrante “sem braços e sem pernas”, disse: “Deus não permitirá nada na sua vida se não for contribuir para o seu bem. Espero que as pessoas vejam que, Deus pode criar algo lindo a partir dos meus cacos, então Ele verdadeiramente tem um plano para cada um de nós”.

Deus quer ter um relacionamento conosco. Ele busca nos aproximar de Si por meio dos pesares e dificuldades, para podermos encontrar realização com Ele. Ele está presente, desejoso que O busquemos. O relacionamento com Deus torna tudo na vida suportável.

Mais graça Deus dá quando as cargas aumentam,
Mais força concede ao crescer o labor,
Em grandes angústias envia consolo,
Em todas as provas dá paz e valor.

Amor sem limites, poder sem barreiras,
Que graça infinita, inefável tem Deus!
E desses tesouros, guardados em Cristo,
Em grande medida dará sempre aos Seus.

E, quando os recursos em nós se esgotarem
E em meio ao caminho a força faltar,
Veremos a fonte da graça divina
Em nós Seu poder começar a jorrar.

Annie Johnson Flint


[1] Marcos 12:30–31.

[2] Provérbios 4:7.

[3] Provérbios 4:13, 22.

[4] Salmo 119:67.

[5] Salmo 119:71.

[6] Salmo 18:6.

[7] Jó 13:15.

[8] Romanos 8:28.

[9] Jonas 2:2.

[10] Tiago 4:8–10.

[11] Eclesiastes 7:2–3.

[12] Eclesiastes 12:13.

[13] Gálatas 5:14.