tfionline Faça seu login

Outubro 19, 2017

A Rocha das Eras

Virginia Brandt Berg

[Rock of Ages]

O Deus vivente, nosso Deus Pai, garante a Sua Palavra com o Seu amor e misericórdia, Sua verdade e poder. Basta termos um grande desejo de ver que as pessoas saibam disso, e dar cada vez mais ao longo dos anos. Pois aprendemos que não existe verdadeira alegria em lugar algum a não ser ao lado de Deus e na comunhão com Jesus Cristo. E não há nada tão gratificante como servir o Senhor e ver vidas transformadas através do Seu poder.

Se quiser ter verdadeira alegria, apenas conte a boa história do Seu amor, misericórdia e poder de cura a alguém, e veja sua vida ser transformada. Então a verdadeira alegria encherá o seu coração! Tal como a canção que costumávamos cantar:

Meu Doce Salvador, tão pleno, tão livre,
O seu perdão tem sido amor para mim;
Se meus recursos fossem ilimitados,
Meu coração ansiaria dar a Ti sem fim.
Os homens estão de Ti afastados,
Meu Doce Salvador,
Migalhas são um deleite para mim
Porque pertenço ao Senhor.
Minha vida, tudo que tenho lhe entrego,
Para Ti vivo, meu Salvador, nada nego;
Poderia eu reter insignificante ação ou doação?
Ah, não, Senhor, a Teus pés estou prostrado,
Meu Doce Salvador, por tudo eu Te ter dado.

Palmer Hartsough[1]

E este é o anseio do seu coração. À medida que conhecê-lO melhor, desejará dar cada vez mais conforme os anos passam, tamanha a alegria na caminhada do cristão com o Senhor Jesus Cristo. Você ama a Sua Palavra cada vez mais. Esses versículos do salmista, eu diria que são o meu testemunho. Ouça-os, você que está atribulado, enquanto o lemos. Se você estiver desencorajado, ou doente, ou sua alma estiver cansada, aproprie-se destes versículos. Ouça atentamente. Deus fala através deles:

“O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O Senhor é a força da minha vida; de quem me recearei? Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nisto confiaria. Porque no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no oculto do seu tabernáculo me esconderá; pôr-me-á sobre uma rocha.”[2] E esta rocha é Cristo Jesus!

Eu amo essas canções antigas. Algumas das novas são lindas, mas essas canções do evangelho antigas que aprendemos na infância são muito estimadas.

Rocha das eras, ao meu lado esteja
Deixe-me esconder em ti;
Permita que a água e o sangue
Que de teu lado ferido correu
Seja dupla cura para o pecado meu,
Salve-me da ira e que puro eu seja.

—Mas o pensamento que queria salientar aqui você encontrará na segunda estrofe:

Ainda que as lágrimas não parassem de jorrar,
Nem meu zelo jamais conhecesse a languidez,
Pelos meus pecados eu não poderia pagar.
Tu apenas podes me salvar.
Não me é possível por isto pagar,
Apenas à tua cruz me agarrar.

—A. M. Toplady[3]

É assim que você tem que buscar a salvação; é assim que tem que buscar a cura. Se estiver com o corpo doente ou sofrendo, o Senhor vai fazer exatamente o que fez por mim. Ah, como eu me lembro daquele dia; ainda mexe com o meu coração a emoção de tudo o que passou! Como Ele respondeu à oração e maravilhosamente curou o meu corpo.

Tentaram me dizer que o Senhor não faz este tipo de coisas hoje em dia, que o poder manifestado naquela época era apenas para anunciar o Seu ministério e para iniciar a dispensação do Evangelho. Mas Ele está fazendo o mesmo hoje, e você O busca da mesma forma. Ainda que suas lágrimas não parassem de jorrar, nem seu zelo jamais conhecesse a languidez, você não conseguiria isto do Senhor.

É através da Rocha das Eras, do preço que Jesus pagou por você—apenas à cruz você deve se agarrar, só isto. Tendo o coração correto perante Deus e os pecados lavados pelo sangue do Calvário, pode chegar-se a Ele, e Ele quer tanto que isso aconteça!

Ele disse que foi transpassado por causa das suas transgressões, foi esmagado por causa das suas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.[4]

Vemos depois no Salmo 103 duas palavrinhas que gostaria de salientar aqui, que são “todos” e “todas.” Ele disse: “Bendiga ao Senhor a minha alma! Não esqueça de nenhuma de suas bênçãos! É ele que perdoa todos os seus pecados e cura todas as suas doenças.”[5] Isto inclui exatamente o que você está passando agora, não importa o que seja. Ele disse que cuidará de tudo!

Há uma outra menção maravilhosa desse “todas”. Ele diz, “Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.[6] Não importa qual seja o seu problema agora ou pelo que esteja passando, simplesmente aceite esta palavrinha bem ali, “todas”. “o Senhor o livra de todas”, e isto inclui a sua dificuldade agora mesmo, ou sua doença, sua aflição ou angústia. “O Senhor o livra de todas.”

Ah, este Cristo imutável! Se você apenas confessar os seus pecados, tal como diz em Tiago 5:16[7], “Orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz.”

Deus o abençoe, o ajude e lhe dê fé, fortaleça a sua fé para estender a mão e O tocar hoje. Amém! Ele ainda está no trono, e a oração com certeza muda as coisas.

De uma transcrição da transmissão de Meditation Moments, adaptado. Publicado no Âncora em outubro de 2017.


[1] “Sweet Savior Mine,” por Palmer Hartsough (1844–1932), em tradução livre.

[2] Salmo 27:1, 3, 5.

[3] Adaptado de “Rock of Ages, Cleft for Me,” por A. M. Toplady (1740–1778) em tradução livre.

[4] Isaias 53:5, NVI.

[5] Salmo 103:2–3, NVI.

[6] Salmo 34:19.

[7] NVI.