tfionline Faça seu login

Dezembro 18, 2018

O Mosaico de Deus e o Natal

Compilação

[God’s Mosaics and Christmas]

Você alguma vez já passou por uma obra quando os pedreiros estavam assentando um piso daqueles com um monte de pedacinhos de cerâmica que no final formam uma gravura? Durante a montagem não se vê claramente a gravura, porque é preciso usar um rejunte nesse processo, o que normalmente deixa uma leve mancha cinzenta em cima do piso, encobrindo a bela obra-prima em construção. No final, depois de tudo limpo, vê-se claramente a bela gravura.

Isso é muito semelhante à maneira como o Senhor age em nossas vidas. Ele, em Sua onisciência, sabedoria, e amor, entende exatamente o que precisamos, e Se desdobra cuidando de cada pequeno detalhe para suprir nossas necessidades, às vezes até antes de percebermos como isso será importante para nós.

Muitas vezes Deus usa as batalhas da vida, como, por exemplo, dificuldades financeiras, problemas pessoais, falhas e erros, para operar de maneiras inesperadas. Nós nem sempre percebemos como Ele está nos preparando nem entendemos por que Ele permite algo tão “cinza” em nossa vida, como o mosaico em construção. Mas isso torna ainda mais profunda e linda a revelação do Seu amor e desvelo.

Geralmente, na época do Natal, fico pensando sobre o fato de Jesus ter vindo à terra para iluminar este mundo tenebroso para nós. O Natal é uma época muito especial! Muito mais do que as lindas luzes, música e alegria natalinas, o Natal é um lembrete do amor e da bondade de Deus. É uma celebração do início de tudo, da ocasião quando Jesus veio à terra para nos salvar.

É maravilhoso poder refletir no impressionante amor de Deus por nós, Sua bondade e disposição em nos dar Suas boas dádivas, e do Seu amor onisciente que o faz incluir situações na nossa vida no momento exato, inclusive dificuldades, recusas, esperas, o que nos parecem atrasos ou demoras. Ele sabe o que é melhor para nós em cada momento e circunstância.

Muitas vezes me indaguei se Ele não preferiria revelar Sua presença em nossas vidas ainda mais no Natal. Talvez porque as pessoas pensam mais nEle do que o normal, então Ele quer honrar a sua fé. Ou apenas nos encorajar nessa época em que celebramos o Seu nascimento. Para mim, o Natal é uma época maravilhosa para refletirmos na Sua grandeza e poder, O louvarmos, honrarmos e adorarmos!—Maria Fontaine

*

Grande tem sido a bondade de Deus para contigo. Que nunca passes dia ou noite irrequieto, mas lembra-te sempre do que o Senhor tem feito.—William Shakespeare

*

Agradeça-Me por este ano passado. Agradeça-Me pelas bênçãos e pelos testes e desafios que fortaleceram seu caráter. Agradeça-Me pelo amor que recebeu dos outros, e agradeça-Me pelas oportunidades de demonstrar amor aos outros. Agradeça-Me por tudo.

Fico feliz ao ouvir seus louvores cheios de gratidão. Eles unem o seu coração ao Meu e nos aproximam, e podem fazer deste Natal o melhor que você já viveu. E não precisa parar depois do Natal. Sempre que acontecer algo que o deixa feliz ou que o faz sentir-se amado, agradeça-Me por essa dádiva. Assim, será uma troca pessoal de presentes entre você e eu. Eu lhe dou bênçãos para fazer você feliz, e você Me faz feliz Me agradecendo, e assim cada dia será como o Natal.—Jesus, falando em profecia

*

O Natal é mais que um dia no final do ano,
Mais que uma época de alegria e felicidade,
O Natal é na verdade um padrão de vida
A ser seguido com altruísmo pela humanidade...

Pois essa época festiva desperta a boa vontade,
E nos aproxima das pessoas que nos são queridas,
Abre nossos corações para a realidade
Da beleza de vivermos como deveríamos viver a vida...

Mas assim que desmontamos a árvore
O espírito de Natal se esvai silenciosamente
No cenário de nossa rotina diária
E perde-se em meio à nossa ocupação, lentamente.
E todos nós, inconscientemente,
Perdemos ou não vemos
As maiores bênçãos da humanidade...

Pois se vivêssemos o Natal cada dia como era pra ser,
E nossa meta fosse o bem sempre fazer,
Encontraríamos o segredo de uma vida com sentido
Proveniente de se dar, e não receber.
Conheceríamos a grande alegria da Paz na terra,
Que o nascimento de nosso Salvador encerra,
Pois na primeira noite de Natal, quando nasceu Jesus,
Deus nos mostrou o Caminho, a Verdade e a Luz!

—Helen Steiner Rice

*

Crescer em alegria exige pensar e meditar regularmente na bondade e no amor de Deus por nós. A alegria é uma consequência de lermos, crermos e agirmos segunda a Palavra de Deus; do Espírito Santo habitando em nós; e do sacrifício de Jesus por nós. A alegria do cristão é viver a vida com a consciência do amor e cuidado de Deus por nós, enfrentando os altos e baixos da vida com uma fé profunda de que o Senhor está sempre presente, nos consolando e cuidando de nós; e estar feliz, /regozijando-se, de estarmos sempre sob Seu amoroso cuidado.—Peter Amsterdam

*

A bondade de Deus permanece continuamente.—Salmo 52:1

Publicado no Âncora em dezembro de 2018.