tfionline Faça seu login

Fevereiro 5, 2014

Misericórdias que se Renovam

Palavras de Jesus

As misericórdias do Senhor são inesgotáveis.  Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade! Digo a mim mesmo: A minha porção é o Senhor; portanto, nele porei a minha esperança. O Senhor é bom para com aqueles cuja esperança está nele, para com aqueles que o buscam; é bom esperar tranquilo pela salvação do Senhor.—Lamentações 3:22–26[1]

*

Minha querida, como a amo! Como sempre quis segurá-la pertinho do Meu peito! Você é como uma rosinha exalando sua doce fragrância, a qual aceito como um presente de amor. Mesmo sendo resultado de dor e vir adornada com lágrimas que caem como gotas de orvalho, cada gota reluz com o fulgor de um arco-íris.

Cada gota de orvalho vai secar, tornar-se parte da rosa e realçar sua beleza. E essa rosa vai brilhar como um diamante. Aquelas gotas na forma de dor, sofrimento e solidão reluzirão como pedras de grande valor, dando destaque a essa rosinha.

Você não quer que Eu seque essas gotas de orvalho, não é? Eu poderia secar essas lágrimas num instante, mas aí se perderiam os diamantes. Então cuide bem dessas gotas de orvalho para Mim. Cada dorzinha, cada tristeza, cada momento solitário é outro diamante sendo formado para realçar a sua beleza, Minha rosa.

A manhã virá e todas as gotas de orvalho se desfarão, quando o sol refletirá sua cálida luz sobre você! Você precisa esperar pelo amanhecer. Observe a aurora, o sol surgindo por trás dos montes, pois quando parece que não vai chegar, subitamente surge! O sol vai raiar para você, será uma manhã gloriosa e brilhante, quando todas as lágrimas da noite se desvanecerão — sumirão, mas mesmo assim serão consideradas ternas como um lindo sonho, uma coleção de gotas de orvalho como pérolas relatando os momentos de solidão nos quais Me encontrou e quando se formou o nosso vínculo especial.

*

Quando a vida não vai da maneira que você esperava ou gostaria, ou como achou que seria, olhe para Mim. Sou a âncora que o mantém estável nas águas atribuladas desta vida. Se não estiver preso a Mim vai ser lançado de um lado para outro.

Recorra a Mim e lhe darei a paz, a satisfação e o amor que você precisa e deseja ter.

Essas experiências que está tendo o humilham, mas se usá-las para se aproximar mais de Mim, se permitir que o humilhem, que o quebrantem e o façam clamar a Mim por ajuda, se recorrer a Mim na hora da tribulação e da necessidade, se procurar as soluções na Minha Palavra e forças em Mim, verá todo o bem que resultará dessa situação aparentemente ruim.

Essas coisas que você considera fracassos, vejo como degraus que o aproximam mais de Mim. Deixe que o quebrem, que o tragam a Mim, ou terão acontecido em vão. Aprenda com elas, mas acima de tudo, aprenda a recorrer a Mim para poder encontrar na Minha Palavra repouso, paz e soluções. Deve ligar-se a Mim ou não terá forças. A força para aguentar, para ter convicção e para suportar dificuldades que eu e Minhas Palavras podemos lhe dar.

Não existe outra maneira! Não existe nenhuma pessoa, lugar ou coisa que possa substituir Minha Palavra na sua vida. Na Minha Palavra você Me conhecerá de uma forma diferente e até bem melhor. Então, nos momentos de provações, de tribulações, de questionamento, busque-Me na Palavra. Deixe a Minha Palavra habitar em você ricamente. Deixe-a preenchê-lo. Deixe-a responder às suas perguntas e levar embora as dúvidas e temores. Por favor, deixe todas as suas experiências, frustrações, temores e falhas serem lavados no manancial da Minha Palavra limpadora, fortalecedora e refrescante.

Venha a Mim vós que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei; Eu vos darei paz e entendimento pela Minha Palavra. Serão a voz do seu Pai falando como você, guiando-o, orientando-o e fortalecendo-o. Não as negligencie, pois são alimento para a sua alma.

É lá, no manancial da Minha Palavra que encontrará as respostas que busca, a limpeza e o frescor que deseja, o amor que procura, a força de espírito e de caráter que quer ter. O manancial da Minha Palavra é um reservatório de paz e satisfação, de frescor, de sabedoria e amor, e está tudo ao seu dispor.

Se abrir o coração, a vida e a mente ao Meu amor e Palavras, as águas refrescantes e revigorantes das Minhas Palavras fluirão através de você e o limparão, satisfarão e lhe darão a inspiração que precisa.

*

Mesmo não florescendo a figueira,
não havendo uvas nas videiras;
mesmo falhando a safra de azeitonas,
não havendo produção de alimento nas lavouras,
nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos,
ainda assim eu exultarei no Senhor
e me alegrarei no Deus da minha salvação!
O Senhor Soberano é a minha força;
ele faz os meus pés como os do cervo;
ele me habilita a andar em lugares altos. —Habacuque 3:17–19[2]

Você se sente oprimido por problemas mil, dificuldades de grande porte e outras não muito importantes. Parecem exigir mais atenção, mas você não pode sucumbir a isso. A maneira de se libertar quando se sentir avassalado pelas circunstâncias é passar tempo de qualidade Comigo. Precisa se lembrar quem EU SOU, todo o Meu poder e glória. E então, humildemente, trazer suas petições e orações. Pode aprender a ficar feliz em Mim, o seu Salvador, mesmo passando por adversidades. Apoie-se em Mim, sua força. Faço os seus pés como os da corça, para que consiga alcançar grandes alturas.[3]

*

Eu ouvi as suas orações, vi as suas lágrimas, senti os seus anseios, seus desejos e cargas. Minha mão direita está sempre embaixo de sua cabeça para levantá-lo, fortalecê-lo, consolá-lo e aproximá-lo do Meu seio, para que possa encontrar conforto e descanso, e ser renovado, reabastecido e consolado.

Eu amo você, Meu querido. Você está junto do Meu coração. Vejo e sei tudo pelo que passa e tem passado. Adoro ver sua disposição e gratidão apesar das ocasiões quando lhe parecia impossível suportar. Ainda assim, sempre o ajudei e ajudarei a superar tudo.

Publicado originalmente em 1997, a menos de outra forma indicado. Adaptado e republicado em fevereiro de 2014. Tradução Hebe Rondon Flandoli.


[1] NVI.

[2] NVI.

[3] Sarah Young, Jesus Calling (Nashville: Thomas Nelson, 2010).