tfionline Faça seu login

Outubro 17, 2018

Just Because You Are (Simplesmente Porque Você É)

Steve Hearts

[Just Because You Are]

Não existe argumento contra o fato de que o Senhor é verdadeira e imensamente generoso. Eles geralmente está mais disposto a dar do que nós a recebermos. Tendo dito isto, também acho que estar disposto a receber não é um problema para muitos de nós. Quem pensaria duas vezes antes de receber ainda mais bênçãos em termos de cura, saúde, finanças, um emprego no qual contar, testificação frutífera e tudo o mais?

Em tempos quando bênçãos assim abundam, é fácil encontrar razões para louvar e dar glória ao Senhor. Contudo, ouvi recentemente a canção, “Just Because You Are,” (Simplesmente porque você é, em tradução livre) de Phillip Sandifer:

Pai do mundo,
Você é a vida dentro de mim.
Deus de toda criação
Vive em meu coração.
Eu O louvarei, Senhor,
Independentemente de Sua bênção.
Porque Você é digno de louvor, Senhor,
Porque Você Simplesmente É.

Porque Você simplesmente é,
Para sempre O louvarei.
Porque Você simplesmente é,
Darei glória ao Seu nome.
Entrego minha vida a Você.
Pai, eu O adoro,
Porque Você simplesmente é.

(Para ouvir esta canção acesse este link.)

Eu era adolescente quando ouvi esta música pela primeira vez, e amei por causa da melodia e do arranjo. Mas, poucos meses atrás, foi durante um momento difícil na minha vida, enquanto orava por um milagre de cura e não o via acontecer, que senti um forte desejo de ouvir esta música novamente, mas desta vez prestando atenção à letra. Como soou verdadeira na ocasião! As palavras ali não podiam ser mais “proferidas no tempo certo” pra mim.[1]

Eu andava dizendo ao Senhor repetidas vezes que O louvaria como nunca antes se Ele cumprisse Sua promessa para mim. Mas enquanto ouvia a canção, eu O ouvi dizer, “Por que esperar até então para Me louvar? Por que não Me louvar agora, porque Eu simplesmente sou?”

O Senhor então me deu a seguinte analogia. Num casamento, ou num relacionamento, que mulher não fica agradecida quando o seu marido manifesta fisicamente o seu amor por ela na forma de presentes, de fazer coisas divertidas com ela, etc.? No final das contas, se o relacionamento for genuíno, essas manifestações físicas não são a razão principal pela qual ela o ama. A esposa ama o marido por quem ele é. Entendi que é assim que o meu relacionamento com Jesus deveria ser; verdadeiramente crer nEle quando Ele promete me abençoar e operar milagres por mim. A maneira como Maria acreditou no anjo que anunciou a promessa do nascimento de Jesus,[2] deveria também ser como eu amo, louvo e dou glória a Ele numa entrega total, independentemente de Suas bênçãos ou de quanto tempo leve antes de eu poder vê-las. Devo “bendizer o Senhor em todo o tempo.”[3]

Afinal de contas, Jesus me ama não pelo que Lhe dei ou pelo que faço por Ele. Ele me ama por quem sou, simplesmente por quem sou. Por que Ele não desejaria então ser amado da mesma forma? É definitivamente maravilhoso receber presentes do céu. Mas agora eu havia sido lembrado de desejar o doador acima dos presentes que Ele me dá.

Ao compartilhar isto, não estou querendo dizer que abri mão de orar e esperar por uma resposta às minhas orações. Estou, porém, intercalando as orações de petição com muitas orações de louvor—deixando o Senhor saber que O amo e adoro, não apenas pelo que Ele me dá ou faz por mim, mas apenas porque Ele é.


[1] Ver Provérbios 25:11.

[2] Ver Lucas 1:38.

[3] Ver Salmo 34:1.