tfionline Faça seu login

Janeiro 7, 2016

Grande Paz

Palavras de Jesus

[Great Peace]

“Ao cair da tarde daquele primeiro dia da semana, estando os discípulos reunidos a portas trancadas, por medo dos judeus, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: "Paz seja com vocês!"”—João 20:19[1]

A Minha paz é abrangente e incondicional. Se perder tudo, mas ganhar a Minha paz, você é rico.

Que isso lhe sirva de forte consolo, principalmente em relação a situações que fogem ao seu controle. Quando você se sente à mercê das circunstâncias, precisa exatamente da Minha paz, mesmo sentindo-se incapaz de recebê-la. Isso talvez aconteça porque você se apega a outras coisas, aos que lhe são queridos, às suas posses, e reputação.

O Meu desejo é ajudá-lo a dar preeminência à Minha paz, acima de tudo no mundo, reconhecê-la como um dom sobrenatural recebido por Meus seguidores pouco antes da Minha morte. A pessoa que sabe que em breve morrerá quer deixar algo de valor para os que ama. Por isso, no Meu “testamento”, Eu deixei a paz para os Meus discípulos e todos que Me seguem. Eu sabia que seria um dom difícil de receber, principalmente durante as adversidades. Por isso, depois da Minha ressurreição, as primeiras palavras proferidas para os Meus discípulos foram: “Deixo-lhes a paz!” Eles precisavam dessa certeza para reforçar o que lhes ensinei antes de partir. E você também precisa se lembrar da natureza divina dessa dádiva, pois a paz que lhe dou não é do mundo, mas sim a paz que sobrepassa todo o entendimento!  

Apegar-se a outras coisas torna difícil para você aceitar esta preciosa dádiva. É como não querer largar uma pequena moeda quando estou lhe oferecendo provisão ilimitada e ouro puro. Para receber essa dádiva, você primeiro deve abrir as mãos e o coração para Mim. Ao fazer isso, você coloca todas as suas preocupações aos Meus cuidados. A nossa intimidade se fortalece conforme recebe a gloriosa paz que lhe dou, todas![2]

 

Paz na Minha presença

“Os que amam a tua lei desfrutam da paz, e nada há que os faça tropeçar.”—Salmo 119:165[3]

Eu serei seu fiel provedor, enquanto você busca diligentemente a Minha face e Me reconhece. Continuarei cuidando de você e o protegendo de danos e do mal. Suprirei e o socorrerei quando estiver em perigo. Eu o consolarei na tribulação e lhe darei paz em situações conflituosas. Eu lhe darei alegria no lugar de tristeza.

O céu e a terra passarão, mas as Minhas palavras não hão de passar. Eu nunca deixarei de cumprir Minhas promessas. Mas você precisa fazer a sua parte, pois se Me buscar de todo o coração você Me encontrará. Se buscar a Minha paz e vier à Minha presença em sossego e confiança, receberá a paz. Aliviarei seus temores, preocupações e ansiedades se entregá-los a Mim em humildade, pedindo a Minha ajuda e paz.

Meu amor e coração estão abertos a você e prontos para lhe dar soluções, consolo, amor e forças. Então clame a Mim e lhe responderei com a Minha paz e forças. Eu o guiarei, protegerei, orientarei e encherei o seu coração com a Minha paz que sobrepassa todo entendimento.

 

Paz vencedora

“Aí sim, a sua luz irromperá como a alvorada, e prontamente surgirá a sua cura; a sua retidão irá adiante de você, e a glória do Senhor estará na sua retaguarda.”—Isaías 58:8[4]

Se aprender a confiar em Mim de verdade, de todo o coração, você jamais perderá a paz que lhe dou. Toda situação pode contribuir para o bem se você a usar para aprender a confiar em Mim. É dessa maneira que destrói as obras do maligno e consegue ter mais graça para passar pelas adversidades que poderiam prejudicá-lo. José foi um ótimo exemplo de como reverter uma situação quando declarou aos irmãos: “Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem.”[5]

Não tema o que este dia ou qualquer outra dia possa trazer. Concentre-se em confiar em Mim e fazer o que precisa ser feito. Relaxe na Minha soberania, lembrando-se que vou diante de você e estou com você cada dia. Não tema o mal, pois posso fazer toda situação contribuir para o seu bem.[6]

 

Aquiete-se, acalme-se

“Levantou-se um forte vendaval, e as ondas se lançavam sobre o barco, de forma que este foi se enchendo de água. Jesus estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e clamaram: ‘Mestre, não te importas que morramos?’ Ele se levantou, repreendeu o vento e disse ao mar: ‘Aquiete-se! Acalme-se!’ O vento se aquietou, e fez-se completa bonança. Então perguntou aos seus discípulos: ‘Por que vocês estão com tanto medo? Ainda não têm fé?’ Eles estavam apavorados e perguntavam uns aos outros: ‘Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem?’”—Marcos 4:37–40[7]

Se confiar na Minha Palavra por fé, encontrará paz e descanso para o seu espírito. Deixe o fardo de preocupações, temores e ansiedades e busque-Me com fé.

Quando eu estava dormindo no barco açoitado pelo vento e pela tempestade, Meus discípulos não sabiam o que fazer, tiveram medo do vento e das ondas, preocupados com a embarcação. Por isso Me acordaram, porque sabiam que Eu tinha a solução. Eu disse então: “Aquiete-se, acalme-se”, e houve paz. Eles Me buscaram admitindo que não sabiam o que fazer, e Eu lhes dei paz.  

Venha a Mim com a fé de uma criança que sabe que o pai não a desencaminhará, mas a guiará a toda verdade. Venha a Mim, abra o coração e a mente e lhe darei paz, a paz resultante de fé, confiança e de se submeter à vontade de Deus.

Publicado no Âncora em janeiro de 2016.


[1] NVI.

[2] Sarah Young, Jesus Lives (Thomas Nelson, 2009).

[3] NVI.

[4] NVI.

[5] Gênesis 50:20.

[6] Sarah Young, Jesus Calling (Thomas Nelson, 2010).

[7] ESV.