tfionline Faça seu login

Fevereiro 16, 2021

A Fidelidade de Deus

Compilação

[God’s Faithfulness]

“As suas misericórdias [do Senhor] são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade!”—Lamentações 3:22–23[1]

*

Desde que o Pai celestial criou o tempo, tudo é suscetível a mudanças—tudo exceto o próprio Deus. O meio ambiente muda com as estações e, de maneira semelhante, nossa vida também passa por fases. Algumas são cheias de alegria, enquanto outras caracterizadas por dificuldades. Mas o Senhor é fiel, e saber disso é sempre um consolo.

Fidelidade é um dos atributos imutáveis de Deus. Significa que Ele sempre faz exatamente o que Ele diz que vai fazer e age de acordo com a Sua natureza. Ele nunca pode negar a Si mesmo, portanto, quando Ele promete “santificá-lo inteiramente”[2], você pode contar com Ele para torná-lo mais parecido com Cristo—mesmo usando as fases dolorosas da vida para fazê-lo.

A natureza imutável e a fidelidade de Deus são o fundamento da nossa esperança. Visto que Ele não mudará de opinião sobre nossa salvação, temos a garantia da segurança eterna. Como Ele é o Governante soberano do universo, nunca temos que temer que nosso mundo esteja fora de Seu controle. Seus planos foram formados há muito tempo com perfeita fidelidade,[3] e ninguém pode frustrá-los ou fazer Sua mão recuar.[4]

Porque Deus é fiel, podemos ter paz de espírito em qualquer circunstância—mesmo diante da morte. Embora mudemos com o tempo e as estações da vida irem e virem, nosso Deus fiel é sempre o mesmo. Como pertencemos a Ele através de Cristo, Ele nunca nos esquecerá, negligenciará ou nos abandonará. Ele prometeu nos preservar “plenamente conservados, irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo,”[5] e Ele o fará.—De In Touch Ministries[6]

Grande é a Tua fidelidade

No capítulo 3 das Lamentações, você encontrará as palavras: “Grande é a Tua fidelidade”. Jeremias diz: “Todavia, lembro-me também do que pode dar-me esperança: Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade! Digo a mim mesmo: A minha porção é o Senhor; portanto, nele porei a minha esperança. O Senhor é bom para com aqueles cuja esperança está nele, para com aqueles que o buscam; é bom esperar tranquilo pela salvação do Senhor.”[7]

Repare onde ele disse: “Lembro-me”. É maravilhoso nos lembrarmos da fidelidade de Deus no passado. Eu amo esse versículo: “Até aqui o Senhor nos ajudou.”[8] Ao meditar sobre Sua fidelidade no passado, o terror deixará seu espírito e você caminhará em vitória para a força do versículo em Hebreus 13: “Porque Deus mesmo disse: ‘Nunca o deixarei, nunca o abandonarei’. Podemos, pois, dizer com confiança: ‘O Senhor é o meu ajudador, não temerei.’”[9]

Jeremias reúne suas meditações em torno das ocasiões em que o Senhor não lhe falhou e diz: “Minha alma certamente disto se lembra”. Ele continua então dizendo que esperará silenciosamente pela salvação do Senhor, e tranquiliza seu coração na certeza de que os recursos do Senhor não se esgotarão na hora de uma grande provação ou testes. “Pois o Senhor”, diz ele, “não rejeitará para sempre. Pois, ainda que entristeça a alguém, usará de compaixão, segundo a grandeza das suas misericórdias. Porque não aflige nem entristece de bom grado aos filhos dos homens.”[10]

O Salmo 119 também fala da fidelidade de Deus: “A Tua palavra, Senhor, para sempre está firmada nos céus. A Tua fidelidade é constante por todas as gerações; estabeleceste a terra, que firme subsiste. Conforme as Tuas ordens, tudo permanece até hoje, pois não há nada que não esteja a Teu serviço.”[11]

O momento da prova suprema deve ser o momento da iluminação divina, quando você descobre com plena certeza que os recursos de Deus são suficientes e infalíveis para todas as suas necessidades — por causa da Sua grande fidelidade.

Você talvez diga: “Eu tenho sido às vezes tão infiel que não posso ter fé e confiança que o Senhor virá em meu auxílio”. Mas Deus ainda assim perdoa! Ele purifica e restaura. Venha até Ele hoje e conte-Lhe tudo a respeito do assunto. Ele te ama e diz: “Eu nunca o decepcionarei nem o abandonarei”. E em Timóteo, Sua Palavra diz que mesmo “se formos infiéis, Ele permanece fiel.”[12]

Ele prometeu dar-lhe a conhecer Sua fidelidade, pois Ele ainda está no trono e a oração muda as coisas. Grande é a Sua fidelidade! Tome posso dela hoje.—Virginia Brandt Berg

Aprender a confiar na fidelidade de Deus

O Salmo 119:89–90 diz: “A tua palavra, Senhor, para sempre está firmada nos céus. A tua fidelidade é constante por todas as gerações.” Aqui a fidelidade é equiparada à Palavra de Deus. Deus fala a verdade infinda. Se Deus falou algo há mil anos, ainda é válido. Ele é fiel à Sua Palavra, porque a Sua Palavra é uma expressão de Seu caráter. As promessas que Ele fez ainda continuam verdadeiras porque Ele não muda.[13]

Quando estudamos a Palavra de Deus, identificamos um padrão; aprendemos que Deus nunca muda e nunca mente.[14] Aprendemos nas Escrituras que Deus nunca falhou no passado.[15] … Ele nunca deixará de ser soberano, de ser santo e de ser bom.[16]

Aprendemos através de nossa própria história que Ele também nunca nos falhou. Um comando que Deus muitas vezes deu aos israelitas foi “Lembrem-se.”[17] Quando eles se lembravam de tudo o que Deus havia feito por eles, podiam mais facilmente confiar nEle para o futuro. Precisamos lembrar intencionalmente de todas as maneiras como Deus proveu para nós e nos livrou no passado. …

Quando O buscamos em oração, sabemos que Ele sempre nos ouve.[18] Ele supre as nossas necessidades.[19] E Ele sempre fará tudo concorrer juntamente para o bem quando confiamos nEle.[20] Aprendemos a confiar na fidelidade futura de Deus ao nos lembrarmos de Sua fidelidade no passado.

E também podemos aprender a confiar nEle, aprendendo a distinguir Sua voz das outras que competem por atenção. Jesus disse: “As minhas ovelhas ouvem a Minha voz; Eu as conheço, e elas Me seguem.”[21] Nós, que pertencemos a Jesus, precisamos cultivar a capacidade de ouvi-lO. Ele fala principalmente através de Sua Palavra, mas também pode falar através de outras pessoas, através das circunstâncias e através da confirmação interior do Espírito Santo.[22] ... O que o Espírito nos mostra em Sua Palavra é deve ser aceito por fé como uma mensagem dEle para nós....

Deus ama, acima de tudo, que demonstremos ter fé.[23] Fé é confiar no caráter de Deus antes de vermos como Ele vai resolver as coisas. Ele nos deu a Sua Palavra, e Suas promessas continuam válidas. A nossa confiança em Sua fidelidade cresce à medida que vemos as formas como Ele cumpre Suas promessas.

Assim como nossa confiança em outras pessoas aumenta através da interação diária, nossa confiança em Deus cresce da mesma forma. Confiamos nEle quando O conhecemos, e conhecê-lO é confiar nEle. Quando O conhecemos, podemos descansar em Sua bondade, mesmo quando não compreendemos as circunstâncias que parecem contradizê-la. Podemos confiar que o plano de Deus para nós prevalecerá.[24] Assim como uma criança confia em um pai amoroso, podemos confiar que o nosso Pai celestial sempre fará o que é certo.—De gotquestions.org[25]

Publicado no Âncora em fevereiro de 2021.


[1] NVI.

[2] 1 Tessalonicenses 5:23 ACF.

[3] Isaías 25:1.

[4] Isaías 14:27.

[5] 1 Tessalonicenses 5:23 ACF.

[6] https://www.intouch.org/read/magazine/daily-devotions/gods-faithfulness.

[7] Lamentações 3:21–26 NVI.

[8] 1 Samuel 7:12 NVI.

[9] Hebreus 13:5–6 NVI.

[10] Lamentações 3:31–33 ACF.

[11] Salmo 119:89–91.

[12] 1 Crônicas 28:20; 2 Timóteo 2:13.

[13] Malaquias 3:6.

[14] Números 23:19; 1 Samuel 15:29.

[15] Isaías 51:6.

[16] 1 Timóteo 6:15; 1 Pedro 1:16.

[17] Deuteronômio 8:2; Isaías 46:9.

[18] 1 João 5:14; Salmo 34:15.

[19] Filipenses 4:19.

[20] Romanos 8:28.

[21] João 10:27 NVI.

[22] Romanos 8:16.

[23] Hebreus 11:6.

[24] Provérbios 19:21.

[25] https://www.gotquestions.org/faithfulness-of-God.html.