tfionline Faça seu login

Novembro 17, 2015

Eternamente Verdadeiro

Compilação

[Eternally True]

[A Bíblia] é a Palavra de Deus, eternamente verdadeira. Ela é necessária para instrução, reprimenda, justiça, e, sim, para podermos ouvir a Sua voz cada manhã. Os que copiaram as palavras do manuscrito original para os pergaminhos, nem imaginavam que Deus preservaria essas verdades infinitas por tanto tempo. O texto do qual vamos tratar registra as Palavras de Jesus para a mulher com o unguento no vaso de alabastro. Ele lhe disse que o seu ato de adoração seria divulgado em todos os lugares onde o Evangelho fosse pregado. E hoje, dois mil anos depois, em uma sala na Universidade de Michigan, nós vemos, sentimos e desfrutamos da presença de Cristo, nosso contemporâneo sempiterno.

Pensar na Palavra de Deus como “a mesma coisa de sempre”, é um equívoco e menospreza sua natureza transcendental e atemporal. Ela se renova, como o orvalho que molha a grama, como água para uma alma sedenta, e a sede sempre é do momento...

Davi expressou o seu valor de uma ótima maneira: “Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.”[1] Até aprendermos a valorizar a Palavra e a considerarmos a fonte de toda a vida, seremos como cachorrinhos arranhando a imaginação e a transformando em trapos. A Palavra de Deus é o depósito feito no banco de dados da alma, ao qual devemos recorrer quando a vida nos cobrar algo. Ao usarmos esse capital compartilhamos a maravilha da perenidade, pois o céu e a terra passarão, mas as Suas palavras permanecem para sempre.

Nós mudamos, mas a Palavra de Deus é imutável porque é verdadeira em todas as fases e circunstâncias na vida. Ela nos mantém em sintonia com o que é novo, com o pé no chão em relação às nossas expectativas, e não nos promete um mar de rosas, mas a presença de Deus em cada batalha. Ela mantém nossos passos sincronizados à nossa mente e nos dá forças para a jornada, do começo ao fim.—Ravi Zacharias[2]

 

Deus soprou o fôlego

Toda palavra da escritura é inspirada por Deus, afirma no Novo Testamento.[3] Por isso, deveríamos esperar evidência externa corroborando o que é dito por meio da história, arqueologia e disciplinas relacionadas. Mas no final, a própria Palavra de Deus comprovará sua autenticidade ao ser percebida por suas afirmações, por sua coerência e porque soa verdadeira. Sem sentimentalismo e sem deixar a imaginação correr solta, quando nos relacionamos com a Palavra de Deus nosso espírito e coração dão testemunho da presença de Deus, e temos certeza que Ele está falando conosco…

Esse é um dos segredos da vida e do testemunho de Daniel. Ele acreditava que as Escrituras eram a Palavra de Deus viva. Essa convicção continua sendo o segredo para viver na “Babilônia” e não deixar a “Babilônia” viver em você.—John Lennox[4]

 

A carta do amor de Deus

A Bíblia não é apenas um livro religioso, mas o livro mais fantástico e maravilhoso do mundo. Ela oferece respostas para tudo. Explica de onde viemos, como chegamos aqui, por que estamos aqui, como sobreviver e sermos felizes durante nossa permanência na terra, e como amarmos e termos felicidade para sempre.

Pense nos seguintes sete fatos que demonstram a singularidade da Bíblia:

1) A Bíblia é singular em termos de continuidade. Foi escrita em um período de 1500 anos por mais de 40 pessoas de todas as camadas sociais, entre reis, camponeses, filósofos, pescadores, pastores, soldados, poetas, governantes, eruditos, etc. No entanto, do início ao fim, os autores abordam de maneira harmoniosa e sequencial centenas de assuntos controversos, sempre enfatizando o desenrolar de uma história: o amor de Deus e o propósito da humanidade.

2) A Bíblia já foi lida por mais pessoas do que qualquer outro livro. É o maior bestseller da história do mundo, e continua sendo campeã de vendas a cada ano.

3) A Bíblia foi traduzida e publicada em mais idiomas do que qualquer outro livro já impresso. Desde 1966, a Bíblia completa já foi publicada em mais de 240 línguas e dialetos, e um ou mais dos seus livros foram publicados em outras 739 línguas e dialetos.

4) Em comparação com os escritos antigos, a Bíblia tem mais evidências em manuscritos do que dez volumes de obras de literatura clássica. Apesar de escrita originalmente em materiais perecíveis, o que exigiu que fosse copiada à mão durante milhares de anos até a invenção da máquina de impressão, seu estilo e exatidão foram mais preservados do que qualquer outro livro da história. Milhares de manuscritos nas línguas originais foram recuperados, não deixando dúvida de que as Escrituras nos foram passadas no decorrer das eras exatamente como redigidas originalmente.

5) A Bíblia suportou ataques crueis, mais do que qualquer outra obra literária. Muitos tentaram queimá-la, destruí-la e bani-la, já desde a época dos imperadores romanos. A sua existência hoje, e o fato de seus ensinamentos e verdades terem sido preservados apesar das incontáveis campanhas e ataques contra ela comprovam um milagre.

6) Descoberta após descoberta de arqueólogos modernos confirmaram a exatidão da Bíblia e se revelaram uma verdadeira fonte de história. Seguindo referências do Antigo Testamento, arqueólogos redescobriram nações inteiras.

7) A Bíblia é o único livro que contém um grande número de profecias com predições exatas do futuro de diferentes nações, povos, cidades, e a vinda daquele que haveria de ser o Messias. A Bíblia está repleta de detalhes incontáveis e profecias específicas milagrosamente cumpridas, exceto, é claro, pelas que ainda hão de se cumprir.

Cada um de nós se encontra em uma longa jornada. Aquele que conhece o caminho orientou alguns dos Seus homens a desenharem um mapa detalhado para não nos perdermos, e podermos aprender a maneira correta de operarmos aqui e assim chegarmos em segurança ao nosso destino final. Mas afirmar não ter tempo para ler o mapa de Deus, a Bíblia, é como se um motorista saindo para uma longa viagem afirmasse não consultar o mapa das estradas por falta de tempo! Se você simplesmente ler a Bíblia, acreditar e segui-la, estará no caminho certo e acabará no lugar certo.

Logicamente, a coisa mais maravilhosa sobre a Bíblia é que, por meio de suas palavras, podemos conhecer o Autor. A Bíblia é a maravilhosa carta de amor de Deus para nós. Suas palavras dão vida e a tornam o melhor livro do mundo, com o único autor que pode garantir vida, amor, felicidade e o Céu para sempre se você a ler e acreditar no personagem principal, Jesus Cristo, Filho de Deus, aquele que nos amou tanto que deu a Sua vida para nos salvar. Todos os feitos maravilhosos e emocionantes que lemos sobre Jesus na Bíblia podem e ocorrem ainda hoje, pois “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje, e eternamente.”[5]David Brandt Berg

Publicado no Âncora em novembro de 2015.


[1] Salmo 119:11.

[2] Recapture the Wonder (Nashville: Thomas Nelson, 2005).

[3] 2 Timóteo 3:16.

[4] Against the Flow (Oxford, UK: Monarch Books, 2015).

[5] Hebreus 13:8.