tfionline Faça seu login

Fevereiro 23, 2017

Deixando a Rotina e Alçando Voo

Palavras de Jesus

[Ditching Ruts and Taking Flight]

Tornando o bom melhor e o melhor o máximo

Estou no negócio de ajudá-lo a tornar o seu bom melhor e o seu melhor o máximo. Quero ajudá-lo a pegar as coisas boas na sua vida e melhorá-las, e fazer com que fiquem ainda melhores. Mas se nunca tomar tempo para pensar sobre essas coisas — talvez por considerar que a maneira como age é boa ou “boa o suficiente”, já está estabelecida ou é algo que funciona bem pra você — não terá a motivação para lutar por algo melhor.

Quando encontra um ritmo que funciona para você em algum aspecto, pode parecer simplesmente lógico ser da Minha vontade deixar o barco correr. Isso é um exemplo de um bom hábito, algo que o está ajudando a fazer a coisa certa, e que você provavelmente faz igual dia após dia. Mas até mesmo algo que tem funcionado bem para você pode melhorar quando se introduz uma mudança de tempos em tempos.

Variedade e mudança muitas vezes constroem experiência e crescimento, fatores importantes para a sua vida espiritual. Experiências novas que aumentam sua fé no que sou capaz de fazer através de você o ajudam a perceber que é capaz de mais do que pensava.

Como poderá dizer se algo se tornou uma rotina na sua vida que pode estar impedindo-o de experimentar coisas novas, ganhar experiência e crescer? Obviamente existem os maus hábitos e os pecados que claramente têm consequências negativas. Esses são bastante fáceis de reconhecer. Mas também existem rotinas que, se nada for feito, podem causar um problema ou estagnar o seu crescimento em algum aspecto.

Alguns indicadores de “rotina ruim” são:

  • Se você não sabe por que faz certa coisa daquela maneira; é simplesmente como aconteceu ou da maneira que sempre foi feito.
  • Se mantém a rotina porque fazer coisas de uma maneira nova parece ser muito difícil, ou porque tem medo do que possa vir a custar, ou de não conseguir aprender a fazer algo da maneira nova.
  • Se for difícil demais aprender algo novo ou fazer algo de maneira diferente, e isso o deixa estressado, nervoso e impaciente porque quebra a sua rotina, então você provavelmente está preso a uma rotina.

Quando identifica uma rotina que se encaixa na definição de rotina ruim, então sair da rotina com uma dose positiva de algo novo não é algo apenas “bom de se fazer” ou uma questão de mudar “apenas por mudar‚” mas algo vital para o seu crescimento e produtividade. Você não vai querer chegar ao fim da vida e se lamentar pelo fato de praticamente não ter mudado e ter feito coisas diferentes—quer na sua mentalidade e atitudes que o impediram de ser totalmente usado por Mim ou nas circunstâncias que o cercam, quando poderia ter melhorado as coisas e se beneficiado de mudanças que poderiam ter sido catalisadoras de crescimento e progresso.

Busque-Me acerca disso quando se encontrar preso a uma rotina, e esteja aberto para mudanças quando necessário. Posso guiá-lo e ajudá-lo a quebrar as rotinas que impedem o seu crescimento. Eu sou o melhor quebrador de rotinas de todos os tempos. Clame a Mim para ajudá-lo a esmagar as correntes que o prendem, e Eu o livrarei.

 

Alce voo

As rotinas podem ser ruins para a sua vida espiritual, porque tornam mais difícil seguir em um caminho diferente e em uma nova direção. As rotinas geralmente geram estagnação, o impedem de avançar, e não lhe permitem ver e abraçar novas possibilidades de crescimento e desenvolvimento. As rotinas não o deixam alcançar ao seu potencial pleno.

Quando está preso a uma rotina, pode sentir como se estivesse avançando e ganhando terreno, mas talvez esteja andando em círculos, nos entediantes e profundos sulcos que formou na sua vida sem realmente avançar e progredir. — Talvez porque entrou em uma rotina com relação a como opera, e está preso, impedido de progredir, e não será capaz de avançar em algum aspecto.

Você deveria alçar voo aos céus, traçando um novo caminho, e vendo o mundo segundo a Minha perspectiva, do alto, de fé e esperança. Mas se está preso numa rotina em certos aspectos de sua vida, não está atingindo este pleno potencial. Se quiser voar alto em Meus céus como está destinado a voar, deixe suas rotinas para trás e esteja atento às novas maneiras que Eu quero que você opere. Deixar a rotina para trás vai melhorar sua vida e fará de seu serviço para Mim uma alegria e bênção, em vez de uma luta ou um fardo. Eu lhe mostrarei novos métodos e coisas novas com o intuito de facilitar seu trabalho e fazer a sua vida pessoal florescer.

Pergunte-me hoje que rotinas poderiam estar impedindo você de alcançar seu pleno potencial. Eu o guiarei em toda a verdade, e o ajudarei a quebrar essas correntes e traçar novos caminhos que o levem adiante e mais longe para Mim e Meu reino. Então deixe essas rotinas para trás e abra as asas! Meus céus de novas ideias e novidade de espírito esperam para abraçá-lo. Você foi feito para voar; vamos alcançar seu potencial pleno!

 

Abraçando novos desafios

É difícil mudar as coisas que se tornaram automáticas para você. Mas quando essas coisas o impedem, precisam ser combatidas, desafiadas e superadas. Isso é o que torna a mudança tão difícil, mas tão maravilhosamente desafiadora—você está desafiando os próprios elementos da natureza humana, hábitos que o levam a fazer as coisas da mesma maneira. Você está alterando seu curso para seguir em uma nova direção que trará fruto e crescimento.

Portanto, nunca sinta que superar as rotinas e os maus hábitos não vale o esforço. Vale a pena cada lágrima derramada, cada esforço e cada dificuldade; porque traz à vida o lutador em você. Ele está se soltando dos laços da rotina, das características, do que você chegou a acreditar que são elementos imutáveis de sua personalidade ou circunstâncias, e está tomando a decisão de dar meia volta e seguir em uma nova direção que o impulsionará para a frente.

A determinação de quebrar as correntes dos maus hábitos e das rotinas pode despertar o melhor em você, pois o eleva acima das circunstâncias confortáveis e o faz procurar um novo caminho—um novo desafio na vida—e por mais difícil que parece deixar para trás o velho, a promessa de melhores coisas à frente se torna uma força que o compele, uma razão para viver.

Publicado originalmente em fevereiro de 2007 e março de 2006. Adaptado e republicado em fevereiro de 2017.