tfionline Faça seu login

Abril 5, 2018

Clamar a Deus de Todo o Coração

David Brandt Berg

[Calling on God with a Whole Heart]

O Senhor quer que sejamos felizes e, graças a Deus, normalmente o somos. Mas deve haver ocasiões em que você realmente busca o Senhor para uma mudança necessária e ora fervorosamente, derramando o coração para Ele. Ele diz: “Buscar-Me-eis e Me achareis quando Me buscardes de todo o vosso coração.”[1] Todas as nossas pequenas orações podem ser sinceras, mas há ocasiões nas quais também precisamos ficar desesperados em oração sobre quaisquer situações graves que surjam. Há ocasiões quando precisamos buscar seriamente o Senhor a respeito.

Algumas pessoas tendem a ter uma atitude um tanto preguiçosa e parecem pensar que o Senhor vai fazer tudo independentemente do que aconteça. Mas a verdade é que muito depende de nós, da nossa vontade, das nossas ações, e de como oramos. Embora Deus possa fazer qualquer coisa, Ele Se comprometeu a agir através de você, e as suas orações podem fazer coisas poderosas. É claro que o plano geral de Deus, a Sua Vontade de uma maneira geral, nunca mudou, mas em determinados detalhes você pode efetuar mudança por meio da oração. Caso contrário, se a oração não puder mudar nada então é melhor nem pensar mais no assunto! Se você estiver no Espírito de Deus, na vontade dEle, desejando apenas as coisas que O glorificam, deleitando-se apenas nEle, então pode Lhe ordenar que faça o que você quiser, porque a única coisa que você quer é o que Ele quer e o que é para glória dEle.

Quando você clama a Ele de todo o coração, Ele promete: “Responder-te-ei.”[2] Então, da próxima vez que realmente precisar da ajuda dEle e estiver entre a espada e parede, clame ao Senhor e o Seu poder. Jesus nunca falha! Ele sempre responde quando O invocamos de todo o coração.

Princípios da oração

Para ter uma boa vida de oração, uma das coisas principais é conhecer a Palavra de Deus. A fé cresce pelo estudo fiel da Palavra de Deus. “A fé vem por ouvir a Palavra de Deus.”[3] Apesar de Deus poder responder à oração de qualquer maneira, você verá que ler primeiro a Palavra de Deus vai inspirá-lo e lhe dará mais fé para orar.

Deus fez promessas na Sua Palavra, e ao orar deve trazê-las consigo e Lhe lembrar delas. Quando você lembra Deus da Sua Palavra, demonstra isso mostra que tem fé nela. E é essa declaração positiva da sua fé e o seu conhecimento da Palavra que agradam a Ele. Mas “sem fé é impossível agradar a Deus”.[4]

“Pelas quais Ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas para que por elas (Suas promessas), fiqueis participantes da natureza divina.”[5] Devemos citar os termos do contrato (a Bíblia) ao que fez o contrato (Deus), e exigir que Ele o honre. Deus está obrigado a cumprir a Sua Palavra. Por isso, lembre-O da Palavra, agarre-se às Suas promessas, memorize e cite-as, e nunca duvide nem por um momento que Deus vai responder, e Ele responderá!

Mas ajuda lembrar que as demoras de Deus não são obrigatoriamente recusas, e às vezes só precisamos ter fé e esperar até Ele responder, o que normalmente resulta na “prova da nossa fé que obra a paciência.”[6] Aprender a ter paciência parece ser uma das lições mais frequentes de Deus, contudo uma das virtudes mais raras, uma vez que põe a nossa fé à prova e nos força a buscar o Senhor e a Sua Palavra.

Outro princípio importante da oração é sermos específicos com o Senhor. Quando oramos, precisamos pedir e esperar respostas específicas. Ser específico é sinal de fé. Muitas vezes, as pessoas oram genericamente porque não contam realmente com uma resposta. Mas, se você for específico ao orar, demonstrará a fé de que espera receber uma resposta específica, e não quer se desapontar. Você conta com isso, ou não seria tão específico.

E tenha cuidado com algumas coisas que insiste que o Senhor lhe dê. Às vezes, Ele até deixa as pessoas terem coisas que não são boas para elas a fim de lhes ensinar uma lição. Ele disse dos filhos de Israel que “Ele lhes deu os desejos dos seus corações, mas fez definhar as suas almas.”[7] Tenha cuidado para que o que você está buscando seja para a glória de Deus e esteja de acordo com a vontade dEle.

O precioso Espírito Santo de Deus pode ter um efeito poderoso na sua vida de oração, porque uma vez que tenha sido cheio com o Espírito Santo, você pode orar no Espírito e as suas orações terão mais efeito porque estará orando através do Espírito. “Porque nós não sabemos o que havemos de pedir, como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.”[8]

Depois, que tiver orado sobre algo e entregado ao Senhor, só precisa ter fé. “Tudo o que pedirdes orando, crede que o recebereis e tê-lo-eis.”[9] Então, depois que orou e entregou algo ao Senhor, a partir desse momento o problema é de Deus. Você não tem que se preocupar mais com isso. Simplesmente confie no Senhor, O louve e agradeça por ouvir e atender a sua oração, ainda que você não veja a resposta imediatamente

A Palavra de Deus diz: “Sejam as vossas petições em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplicas com ação de graças.”[10] O rei Davi disse que devíamos “entrar pelas portas dEle com louvor, e em Seus átrios com hinos”.[11] É como entrar na presença do Rei, fazer reverência e honrá-lo.

Ainda que você esteja cansado ou desanimado e não sinta vontade de louvar o Senhor, deveria fazê-lo mesmo assim, simplesmente porque sabe que isso Lhe agrada. Quando você vai em frente por fé, louvando o Senhor, acionando a bomba e a pondo em funcionamento, Ele o abençoará por isso.

Mesmo que se sinta um pouco na fossa ou desencorajado, preocupado ou desesperado, olhe para cima e conte as suas bênçãos. Agradeça a Deus por todas as Suas bênçãos e olhe para o Senhor e para as coisas boas.[12] Louvado seja o Senhor. Comece suas orações elevando o coração ao Senhor em louvor. “Portanto, ofereçamos sempre, por Ele, a Deus, sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios, dando graças ao Seu nome.”[13]

Lembre-se também que “um persegue mil, mas dois podem pôr dez mil em fuga.”[14] É muito bom ter alguém com quem orar, principalmente durante tempos de provação. “Onde dois ou três estiverem reunidos no Meu Nome, aí estarei Eu no meio deles.”[15] E, “Se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem orando, isso lhes será feito por Meu Pai que está nos céus.”[16]

A oração em conjunto é poderosa! Por isso, quando precisar, nunca tenha vergonha de pedir oração a outra pessoa.

Uma última coisa a lembrar, mas com certeza não menos importante, é sobre orar em nome de Jesus. Em todo o Novo Testamento, o Senhor diz como é importante orar em nome de Jesus, pedir as coisas em nome de Jesus. “Porque há um só Deus, e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, o homem.”[17] Jesus disse: “Se pedirdes alguma coisa em Meu nome Eu o farei.”[18]

Se você conhece Jesus e Lhe pediu para entrar em seu coração, pode conhecê-lO pessoalmente, intimamente, e aprender a comungar e se comunicar com Ele através da oração.

Compilado dos escritos de David Brandt Berg, publicado originalmente em 1984. Adaptado e republicado em abril de 2018.


[1] Jeremias 29:13.

[2] Jeremias 29:13, 33:3.

[3] Romanos 10:17.

[4] Hebreus 11:6.

[5] 2 Pedro 1:4.

[6] Tiago 1:3.

[7] Salmo 106:15.

[8] Romanos 8:26.

[9] Marcos 11:24.

[10] Filipenses 4:6.

[11] Salmo 100:4.

[12] Ver Filipenses 4:8.

[13] Hebreus 13:15.

[14] Deuteronômio 32:30.

[15] Mateus 18:20.

[16] Mateus 18:19.

[17] 1 Timóteo 2:5.

[18] João 14:14.