tfionline Faça seu login

Julho 18, 2016

Caleidoscópio de Cores

Palavras de Jesus

[A Kaleidoscope of Color]

“Nos gloriamos na esperança da glória de Deus. Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu.”—Romanos 5:2–5

Estou montando uma colagem com a sua vida, usando os cacos das dificuldades que enfrenta, das batalhas que trava, e até dos erros que comete. A meta não é montar uma colagem para exibição ou admiração, mas para refletir a Minha luz. A Minha luz brilhará pelo vitral dos seus cacos revelando belíssimas cores, realçando a profundidade, acrescentando luz e beleza à vida daqueles que acompanham os seus passos.

Cada prova da sua fé acrescenta um novo motivo no vitral da sua vida. Talvez sinta que a sua vida seria mais simples sem essas provações. Mas, nesse caso, você deixaria de adquirir as lindas joias da experiência que estou criando para usar na colagem da sua vida.

Quando as pessoas veem que você possui os mesmos cacos que elas, no entanto eles formam um caleidoscópio de cores, isso as inspira a seguir adiante e ter esperança. Fortalece e renova a sua fé quando veem que você trava as mesmas batalhas; quando percebem que persevera na luta e permanece firme na fé, e acreditam que conseguirão o mesmo. Quando veem que você passou pelos mesmos problemas, provações e dificuldades, sentem-se inspiradas a manter a fé.

Eu conheço o peso das dificuldades que enfrenta e que, às vezes, parece que vão engolir você. Eu entendo porque também fui um homem de dores, que soube o que é padecer. Sei o que é sofrer, ficar angustiado e prantear. Sofri como cada um de vocês.[1] As Minhas experiências foram diferentes das suas, mas se olhar para a janela da Minha vida na Terra verá que possuo pedaços parecidos com os do seu vitral. Eu também enfrentei problemas, dificuldades e sofrimento. Fui quebrantado do mesmo jeito do que você se sente no momento. A Minha vida foi composta de muitos cacos, cacos de duras experiências, problemas, provações, sofrimentos, tentações, pesares e lágrimas, os quais o Meu Pai transformou em uma montagem magnífica e deslumbrante de esperança, coragem, fé e amor incomensurável.

Prometo que não haverá no seu vitral um caco sequer que não esteja também no Meu. Eu vivenciei tudo isso previamente para poder incidir em você a Minha luz de esperança, coragem, fé e imenso amor.

A recompensa das batalhas e provações é bem maior que o custo. Como o apóstolo acertadamente escreveu: “Para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.”[2] Os sofrimentos não se comparam com a glória e as honrarias que reservei para você. 

Eu uso cada pedacinho, cada caco da sua vida para compor a Minha obra-prima. A sua vida é linda para Mim. Sei que os cacos são cortantes quando os pega, e machucam o seu coração, mas entregue-Me todos e farei uma montagem que o ajudará a ver tudo na perspectiva correta. Eu lhe mostrarei o que penso desses cacos da sua vida e situação. Farei com eles um quadro dentro da Minha perfeita vontade para a sua vida, tudo elaboradamente entrelaçado para o seu bem, e nunca mais lhe causarão dor. Depois que esses cacos estiverem nas Minhas mãos e você tiver aprendido a vê-los como Eu os vejo, estará livre da dor avassaladora que sentia no início, pois vivenciará a maravilha que essa nova pedra preciosa acrescentará à sua vida pessoal e de serviço a Mim. 

Mantenha os olhos em Mim, o autor e consumador da sua fé. E verá a Minha luz reluzindo na sua vida, transformando toda dificuldade ou feiura no quadro de beleza e perfeição que projetei para a sua vida.

Lembre-se sempre que estou em você e com você. E mesmo que tenha aflições neste mundo, tenha bom ânimo, pois Eu venci o mundo![3]

 

Não se canse

“Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem. Quanto a vocês, irmãos, nunca se cansem de fazer o bem.”—Hebreus 12:3; 2 Tessalonicenses 3:13

Acho que a esta altura você já entendeu que as batalhas fazem parte da vida. Mas saiba que precisa aceitar esse fato de boa mente,com nobreza de espírito e fé, acreditando nas muitas promessas que lhe fiz, ou seja, que não permitirei mais do que pode suportar[4], e que receberá cem vezes mais por tudo o que renunciar por Mim e pelo Meu reino nesta vida.[5]

O que muitas vezes o impede de “contar motivo de grande alegria” ter batalhas e provações é sentir-se cansado da luta na hora de enfrentá-las.[6] Esse cansaço da luta tira a sua esperança e fé. Você se resigna, achando que é apenas mais um dia de vida, mais uma batalha, e essa tristeza ou relutância é natural e compreensível, porque pensa, “aqui estou mais uma vez tendo que lutar, e quem é que gosta disto?”

É normal sentir-se cansado, avassalado ou desgastado e que não aguenta. Mas, na verdade, batalha e cansaço não são sinônimos. Batalhas fazem parte da vida, mas não o cansaço da luta.

O cansaço da luta se compara a jogar um cobertor molhado sobre o seu coração, que abafa as chamas que poderiam estar ardendo e reluzindo, e que incitariam o seu espírito à luta quando mais precisa. Cansar da luta polui o ar ao seu redor, dificulta a sua respiração e anuvia a sua visão. É como artrite espiritual que infiltra as suas juntas, causa desconforto, dores gerais e um sentimento de que você não presta para nada, que é velho e incapaz de se moldar e enfrentar os desafios da vida.

Se quer saber como ter por motivo de grande alegria e se gloriar nas suas batalhas e dificuldades, quer prolongadas quer breves, se quer saber como enfrentar esses desafios da vida desimpedido, sem o fardo do cansaço, deixe a Minha Palavra e as Minhas promessas encherem o seu coração, mente e espírito com gozo inefável.[7] Deixe a Minha paz que sobrepassa todo o entendimento guardar a sua mente e coração.[8]

Publicado originalmente em março de 2006. Adaptado e republicado em julho de 2016.


[1] Isaías 53:3–4; Hebreus 4:15.

[2] Romanos 8:18.

[3] João 16:33.

[4] 1 Coríntios 10:13.

[5] Mateus 19:29.

[6] Tiago 1:2.

[7] 1 Pedro 1:8.

[8] Filipenses 4:7.