Céu: Nosso Lar Eterno

Setembro 6, 2022

Compilação

[Heaven: Our Eternal Home]

“Mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam.”—1 Coríntios 2:9, NVT

Esse versículo é impressionante! Entende o que ele diz? O céu está além do que poderíamos imaginar. Não temos condições de imaginar como é o céu. Mesmo no nosso momento mais criativo, na nossa reflexão mais profunda, no nosso nível mais alto, não conseguimos compreender a eternidade. 

Faça o seguinte: imagine um mundo perfeito segundo o seu conceito de perfeição. Isso significa paz? Então visualize tranquilidade absoluta. Em um mundo perfeito existe alegria? Então imagine qual seria a sua maior felicidade. Um mundo perfeito terá amor? Se sim, pense em um lugar onde o amor não tem limites.

O que quer que o céu signifique para você, imagine-o. Mantenha esse pensamento fixo na sua mente. Desfrute desse pensamento. Sonhe com isso. Anele por isso. E então sorria ao pensar no que o Pai lhe diz: Mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam.

Qualquer coisa que você imaginar estará aquém da realidade do céu. Qualquer coisa que alguém possa imaginar não chega à altura do que é o céu. Ninguém chegou perto da realidade. Ninguém.

Pense em todas as canções sobre o céu; todas as imagens retratadas; todas as lições pregadas a respeito, e todos os poemas e capítulos escritos sobre o céu. Em se tratando de descrever o céu, nós somos um belo fracasso. É algo que está além da nossa capacidade. ...

E imagine ver Deus. Finalmente, olhar no rosto de seu Pai e sentir o olhar do Pai sobre você. É algo que se perpetuará.

Ele cumprirá o que prometeu. Estou fazendo novas todas as coisas, Ele prometeu. Restaurarei o que lhe foi tirado. Restaurarei os anos que passou amparado por muletas e preso em uma cadeira de rodas. Restaurarei os sorrisos desbotados pela dor. Tocarei de novo as sinfonias não ouvidas pelos surdos e os pores do sol não vistos pelos cegos.

O mudo vai cantar. Os pobres terão abundância. As feridas vão cicatrizar. Eu farei novas todas as coisas. Eu restaurarei todas as coisas. A criança que se foi por uma doença correrá para os seus braços. A liberdade perdida na opressão bailará no seu coração. A paz de um coração puro será o Meu presente para você.

Eu farei novas todas as coisas. Nova esperança. Nova fé. E, acima de tudo, novo Amor. O Amor que é a fonte de todos os outros amores. O Amor que empalidece todos os outros amores. O Amor que você buscou em mil lugares em mil noites... esse é o Meu Amor e será seu.[1]Max Lucado[2]

Uma herança gloriosa

“Então ouvi uma voz do céu dizendo: Escreva: Felizes os mortos que morrem no Senhor de agora em diante. Diz o Espírito: Sim, eles descansarão das suas fadigas, pois as suas obras os seguirão.”—Apocalipse 14:13 NVI

A Bíblia promete que receberemos uma herança gloriosa no Céu—a herança da vida eterna em toda a sua plenitude.

Você pode imaginar atender à porta e ser informado que você herdou um reino? É inconcebível. Mas para o crente em Jesus, isso é exatamente o que acontece quando abre a porta do seu coração e convida Cristo a entrar e habitar dentro de você. Ele promete compartilhar as riquezas dos Seus tesouros, do Seu poder e glória com você.

A herança é uma verdade bíblica (mencionada mais de duzentas vezes) que será cumprida por completo no Céu. Deus nos escolheu para ser Sua própria herança — o Seu povo.[3] Ele também escolheu a “nossa herança”.[4] Um baú replete de itens deixados em herança pode se queimar em poucos minutos, nós, porém receberemos “uma herança que jamais poderá perecer, macular-se ou perder o seu valor. Herança guardada nos céus para vocês”.[5]

Deus disse aos sacerdotes de Israel que eles não herdariam nenhuma propriedade, pois Ele seria a sua herança.[6] Isso abre o caminho para a promessa no Novo Testamento de que a igreja de Cristo—um sacerdócio santo—herdaria a vida eterna em Cristo.

A epístola aos Efésios fala especificamente sobre a herança que podemos esperar no Céu: as “riquezas insondáveis” da graça de Deus[7]; “suas gloriosas riquezas”[8]; e “a incomparável grandeza do seu poder”.[9] As coisas que herdamos na terra podem ser uma grande bênção ou uma terrível maldição. Vidas sem conta já foram arruinadas por riquezas deixadas para herdeiros irresponsáveis. Contudo, nós, filhos do Rei, temos uma herança que não se maculará nem nos maculará.

Demos “graças ao Pai, que nos tornou dignos de participar da herança”.[10] Que promessa mais maravilhosa!—Billy Graham[11]

A esperança do Céu

“E Deus limpará de seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas.”—Apocalipse 21:4

De acordo com as Escrituras, o Céu é um lugar muito melhor do que a vida na terra. O céu é um lugar imenso com muros, fundações e portões de pedras preciosas. O Céu é um lugar da mais pura luz e de liberdade total.

É importante também considerar a qualidade de vida que é oferecida no Céu. O versículo é bem direto quando nos garante que o Céu é e será um lugar onde não haverá lágrimas. Como será viver onde não há mais dor e tristeza? Muitas pessoas, como eu, vivem em constante dor e desconforto, mas no Céu não haverá mais isso.

E, de acordo com as informações na Bíblia, não haverá mais morte. … O salmista diz: “Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos.” Mas, o pensamento mais reconfortante de todos é que Jesus Cristo está no Céu. Ele disse: “Vou preparar-vos lugar… para que onde eu estiver, estejais vós também”.

Como o apóstolo Paulo diz em 1 Coríntios 15:19, sem a esperança do Céu, “somos os mais miseráveis dentre todos os homens”. Todos os dias a morte física sobrepuja pessoas que nos são queridas e que amamos. Mas o Senhor nos dá a esperança segura do Céu, para nos consolar.—Ron Branch

Cidadania no Céu

“Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas, mas, vendo-as de longe, e crendo nelas, e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra.”—Hebreus 11:13

No capítulo 3 de Filipenses há um versículo maravilhoso sobre esse assunto. Diz: “Tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus”. Paulo estava dizendo que todas as coisas não valiam nada, que as contava como perda! Não valiam nada em comparação com o que ele recebeu no Senhor Jesus Cristo.

E mais adiante ele diz: “A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente um Salvador, o Senhor Jesus Cristo. Pelo poder que o capacita a colocar todas as coisas debaixo do seu domínio, ele transformará os nossos corpos humilhados, para serem semelhantes ao seu corpo glorioso”.[12]

Nós estamos aqui a negócios pelo Rei. A nossa verdadeira cidadania é outra. Não é possível ser fiel à cidadania do Céu e despender tanto tempo nos assuntos deste mundo, mesmo diante das crises atuais. Se realmente acreditamos que somos cidadãos do Céu, não ficaremos tão presos ao mundo ou absorvidos em cada mínima notícia a respeito de sua trágica condição. Essa atitude incute medo, que gera tensão, nos atribula e faz perder tempo e sono — tempo que poderíamos despender em oração.

Queridos e amados, muitas pessoas do mundo tratam dos assuntos do mundo. Nós devemos investir nosso tempo, forças e dinheiro na causa do Senhor Jesus Cristo e nas coisas eternas. A nossa atitude, como cidadãos do Céu é nos separarmos do mundo, não nos atrelarmos a ele! Não devemos nos conformar com este mundo, mesmo estando bem informados, mas devemos nos transformar vivendo com a perspectiva das coisas eternas e na presença do Senhor Jesus Cristo, e conforme a Sua Palavra.[13]

Devemos entender profundamente que vivemos para a eternidade e não para o presente. A nossa cidadania celestial jamais deveria ser relegada a segundo plano. As coisas eternas nos chamam gravemente porque o Senhor precisa de cada soldado, e o soldado não pode se enredar com as coisas deste mundo. Não podemos nos entregar sem pensar às coisas temporárias, porque seremos derrotados espiritualmente por toda a confusão que nos rodeia. Se pudéssemos ver os eventos da vida representados no resultado final ao qual conduzem, teríamos uma grande mudança na nossa vida e no nosso senso de valores. Deus nos ajude a manter clara a perspectiva divina!

Filipenses 3:20 declara que a nossa cidadania está no Céu, “onde esperamos ansiosamente um Salvador, o Senhor Jesus Cristo”. Você está buscando o Senhor? Está esperando a Sua vinda como Ele prometeu? Ou está assistindo tanto à televisão e às notícias e todas essas outras coisas que não pensa muito nas coisas do alto, mas sim nas coisas da terra?[14]

Hebreus 13:14 diz: “Pois não temos aqui nenhuma cidade permanente, mas buscamos a que há de vir”. Você vai aceitar as palavras nestes versículos sagrados e acreditar que no Senhor Jesus Cristo você pode ter provisão da Sua força e sabedoria, e do Seu poder para participar de forma ativa no Seu serviço, nos assuntos do reino celestial do qual você é realmente cidadão?

A Palavra de Deus diz: “Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida”.[15] Aí está a sua vida!—Virginia Brandt Berg

Publicado no Âncora em setembro de 2022.


[1] Veja Apocalipse 21:5.

[2] https://maxlucado.com/heaven-gods-highest-hope.

[3] Salmo 33:12.

[4] Salmo 47:4.

[5] 1 Pedro 1:4 NVI.

[6] Ezequiel 44:28.

[7] Efésios 3:8 NVI.

[8] Efésios 3:16 NVI.

[9] Efésios 1:19 NVI.

[10] Colossenses 1:12.

[11] The Heaven Answer Book (Harper Collins, 2012).

[12] Filipenses 3:20–21.

[13] Romanos 12:2.

[14] Colossenses 3:2.

[15] João 5:24.

 

Copyright © 2023 The Family International